Salão do Móvel 2015: o que ver e fazer em Milão

Milão se prepara para mais um Salão do Móvel, a famosa feira dedicada aos móveis, design e, esse ano, também ao mundo da iluminação com Euroluce.

Esse ano, o grande evento tem um sabor especial, já que será uma espécie de aperitivo para a Expo2015, que começará 11 dias depois.

Além do Salão do Móvel que é reservado aos profissionais do setor nos dias de semana e ao público no final de semana, quem passa por aqui não pode deixar de conferir o Fuorisalone, que vamos concordar? É bem mais divertido que passar o dia fechado dentro da feira e seus stands.

Salão no móvel 2015 Milão

O Fuorisalone é uma espécie de spin-off da feira, que começou tímido nos anos 80 e foi tomando forma, até se tornar um evento paralelo de enormes dimensões.

A atmosfera da cidade, que recebe cerca de 300 mil visitantes em 1 semana, é de uma grande festa aberta a todos. Sim, porque showrooms, lojas, restaurantes e espaços expositivos abrem suas portas para receber o público.

Os eventos do Fuorisalone são divididos pelos bairros de Milão. O maior e mais famoso é o Brera Design District, mas nos últimos anos cresceram também Zona Tortona, Ventura Lambrate e 5 Vie.

Outra locação que eu adoro e onde passo todos os anos é a Ca’ Granda, sede da Universidade Statale, que essa ano hospeda mais uma vez a exibição evento da Interni Magazine intitulada Energy for Creativity .

Esse ano, o Brasil estará de novo presente no Fuorisalone com a mostra Rio +Design, que expõe na Zona Tortona, obras de designers cariocas onde a madeira é o material protagonista, como na mesinha Moiré do estúdio O Formigueiro e a estante Cobogó, da Bold .

Bold_Scaffale_Cobogo1

Foto: Divulgação

Mas quem passa por aqui durante essa agitada semana, entre um evento e um stand, talvez também queira viver um pouco da Milão verdadeira, aproveitando museus, restaurantes e sorveterias . Por isso deixo aqui um índice de posts do que fazer e onde comer em Milão durante o Salão do Móvel 2015.

Milão em 1 dia: o que ver e fazer

Milão: 48 horas com menos de 48 euros

Programação Cultural Abril-Maio-Junho 2015

Onde comer no centro de Milão

Dicas de restaurantes no centro de Milão

Guia rápido aos museus de Milão

Boa estadia em Milão e aproveite bem a semana!!

Para atualizações sobre o Salão do Móvel, siga o Milão nas mãos no Facebook e Google +

Programação de Abril a Junho 2015

Deixando o inverno para trás e colocando os pés na primavera, a programação cultural de Milão esquenta em vista da Expo2015, com a grande mostra sobre de Leonardo da Vinci no Palazzo Reale.

São muitas as mostras dedicadas ao tema da alimentação, assunto principal da Expo. Mas os museus também oferecem instalações, escultura, pintura, e música, com alguns shows e concertos que vão animar o verão milanês.

Aqui, uma pequena parte da programação com as dicas do que fazer em Milão nos meses de abril, maio e junho de 2015.

Para maiores informações sobre os eventos que acontecem na cidade durante o período da Expo 2015, consulte o site Expo in città, que reúne o calendário completo de todas as manifestações.

Lembrando que todos 1º domingo do mês os museus estatais (Pinacoteca de Brera) e municipais (Museus do Castelo, Museu 900, GAM, Museu Arqueológico, Museu de História Natural) são gratuitos. Esses últimos também podem ser visitados com um cartão com preço mais conveniente. Leia aqui o post.

Divirta-se

Feiras e eventos

Salão do Móvel – de 14 a 19 de abril – Feira Rho-Milano – Informações clique aqui

A feira dedicada aos móveis e design mundial, apresenta a sua 54 edição reunindo os melhores fabricantes e designers do mundo. Esse ano, o destaque fica para o Euroluce, parte da feira dedicada as tendências de iluminação.

Os primeiros dias, a visitação é reservada aos profissionais do setor. No final de semana (18 e 19 de abril) o Salão é aberto ao público.

Fuorisalone – de 14 a 19 de abril – vários bairros de Milão Informações clique aqui

Mas não é só quem vai até a feira que pode curtir o Salão do Móvel. Sempre maior e interessante, é o evento Fuorisalone, espalhado pelos bairros da cidade, showrooms, restaurantes, bares e lojas fazem os turistas e visitantes viverem o melhor do design mundial.

Expo2015 – de 1 de maio a 31 de outubro – Área ExpoInformações clique aqui

O terceiro maior evento mundial acontece em Milão e propõe a alimentação como tema Nutrir o planeta, energia para a vida. Os mais de 140 países participantes, espalhados em seus pavilhões, esperam receber 20 milhões de visitantes em 6 meses.

Leia os posts publicados sobre o evento aqui e aqui.

 Mostras e exposições

Arte Lombarda dos Visconti aos Sforza – até 28 de junho – Palazzo RealeInformações clique aqui

O papel central da Lombardia na arte e a vida de corte nos séculos sob o governo das duas mais importantes senhorias de Milão: os Visconti e os Sforza.

visconti

O percurso, em ordem cronológica, ilustra a progressão dos eventos e a densidade da produção artística, explorando pintura escultura, miniaturas de livros e vitrais em obras provenientes dos maiores museus do mundo para colocar o visitante no contexto que culminou na presença de Leonardo Da Vinci na corte de Ludovico Sforza.

Leonardo Da Vinci 1452-1519 – até 19 de julho – Palazzo RealeInformações clique aqui

Para os apaixonados por Da Vinci, a oportunidade de visitar a maior mostra já realizada sobre o poliédrico gênio toscano.

A mostra será inaugurada dia 15 de abril, data do nascimento de Da Vinci e será dividida em 12 temas, percorrendo transversalmente as obras do artista, através da exposição de inúmeros desenhos, códigos, estudos de pintura e anatomia, quadros e anotações provenientes de vários museus e coleções de todo o mundo.

Da Vinci Milão

Sem esquecer, que a cidade ainda oferece mais Da Vinci na famosa Última Ceia e nas exposição dos códigos vincianos na Pinacoteca Ambrosiana.

O museu ideal – Do futurismo ao contemporâneo – de 15 de maio a 15 de setembro – Museu NovecentoInformações clique aqui

A arte contemporânea italiana é protagonista da exposição proposta pelo Museo Novecento, que repercorre desde à vanguarda até os dias de hoje, através de obras provenientes de diversos museus italianos e coleções particulares.

Medardo Rosso – A luz e a matéria – até 30 de maio – Galleria de Arte ModernaInformações clique aqui

30 gessos, ceras e fotografias na mostra dedicada ao escultor italiano, que viver entre os séculos 19 e 20 e foi um dos protagonistas da escultura internacional.

Juan Muñoz – Double Bind and Around – de 9 de abril a 23 de agosto – Hangar BicoccaInformações aqui

As obras do artista espanhol na primeira exposição pessoal realizada na Itália. Destaque para a instalação Double Bind, exposta uma única vez na tate Modern em 2001.    

Foto divulgação: Attilio Maranzano                                                                                                            

Art and Foods – de 9 de abril a 1 de novembro – Triennale Milano – Informações clique aqui

Em vista da Expo 2015, o museu do desing milanês dedica 7.000 metros quadrados à exposição que dialoga entre arte e alimentação.

Shows e concertos

Teatro alla Scala – de maio a outubro - Informações clique aqui

De maio a outobro 2015, o teatro vai permanecer aberto todas as noites para apresentar cerca de 17 óperas (Tosca, Bohème, Turandot, Aida, Carmen, Cavalaria Rusticana entre outras), além dos concertos da orquestra filarmônica e das apresentações de ballet (Giselle, Bella Adormecida, Quebra-Nozes, etc).

A direção o teatro promete também cerca de 20-25 espetáculos com preço reduzido pela metade e com a venda de ingressos diretamente nas bilheterias do teatro.

David Garret e Filarmônica della Scala – 30 de maio – Praça Duomo – GrátisInformações clique aqui

Metallica – 2 de junho – às 15h – Fiera MilanoIngressos aqui

David Guetta – 6 de junho às 21h – Mediolanum ForumIngressos aqui

shows Milão

Marron 5 – 12 de junho às 21h – Mediolanum ForumIngressos aqui

Ben Harper – 22 de julho às 21h – Mediolanum ForumIngressos aqui

Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google +

Modena: terra de Ferrari, Pavarotti e muito mais

Existem cidades que são ligadas a nomes de personagens famosos da história recente ou poderíamos também dizer ao contrário: existem persnagens da história recente que estão fortemente ligados ao nome de suas terras natais.

É o caso da cidade de Modena, na região italiana da Emilia Romagna e seus filhos mais ilustres: Enzo Ferrari e Luciano Pavarotti. Dois nomes que dispensam apresentações e que só contribuiram para enriquecer ainda mais uma região também cheia de tradições artísticas-culturais e enograstrônomicas.

Porque a Emilia Romagna, é a terra da Ferrari e de Pavarotti, mas também do Lambrusco, do queijo Parmigiano Reggiano e do verdadeiro Vinagre Balsâmico Tradicional.

Foi pensando em colocar essas excelências do terrítorio a disposição dos turistas durante o período da Expo2015, que o órgão de promoção turística da Emilia Romagna criou o Passaporte Discover, um passe com duração de 48 horas com serviço de van e que inclui todas as entradas nas etapas do itinerário para você descobri e deixar de surpreender por mais um pedacinho do Norte da Itália.

E foi para conhecer esse itinerário e suas etapas que, com outros 6 blogueiros, passei um final de semana entre Modena e Maranello para poder contar tudo para vocês e concluir que mesmo depois de 13 anos nesse país e a apenas 165 km de casa, a Itália ainda é capaz de me surpreender.

Como funciona:

A partir do dia 4 de abril e até o final da Expo2015 no dia 31 de outubro, é possível visitar todas as 14 etapas do Discover Ferrari e Pavarotti Land por 48 horas comprando o passe que incluí a entrada em todas as atrações do itinerário e também o serviço de van para quem está sem carro.

Das 10 às 17h, a cada hora, uma van saí das estações de Bolonha, Modena e Reggio Emilia (perfeito para quem está em Milão e quer udar o trem) ou do Museu Ferrari em Maranello e do Museu Enzo Ferrari em Modena e fazem o percurso circular das atrações.

mapa ferrari

Foto divulgação Discover Ferrari e Pavarotti Land

Você desce onde quiser e fica o tempo que quiser aproveitando a atração e sabe que de hora em hora passa uma outra van para você proseguir. É você que decide o que ver e por quanto tempo.

O passe também pode ser adquirido por quem está viajando pela Itália de carro.

As etapas:

Museu Enzo Ferrari (Modena)

O museu se divide em dois espaços: a oficina onde nasceu os carros Ferrari e que expõe alguns modelos de competição e um outro espaço mais moderno, dedicado a outros modelos e a exibição de um filme que conta um pouco da vida de Enzo e Pavarotti.

visitar museu ferrari modena

Vinícola Cleto Chiarli

A mais antiga vinícola de Lambrusco da região, fundada em 1860 e produtora de vinhos de qualidade, onde é possível conhecer a produção e degustar os vinhos.

Hombre e Coleção Maserati

Empresa agrícola que produz queijo Parmigiano Reggiano biológico e que possui uma das coleções privadas mais espetaculares de Maserati.

Malpighi Balsâmico, Giusti Balsâmico e Consorteria Balsâmico

Visita as empresas e museu (Consorteria) que produzem com o método tradicional o famoso vinagre balsâmico da cidade. Com certeza, o ponto alto do final de semana para mim. Primeiro porque eu sempre gostei do produto, segundo porque não conhecia (quase) nada da produção dele.

vinagre balsâmico modena

Provar um vinagre balsâmico tradicional com 12, 25 e 50 anos de envelhecimento, não tem preço.

Museu Ferrari e cidade de Maranello

Visita ao famoso museu na cidade de Maranello, sobre o qual já contei nesse post, entre modelos famosos e de Formula 1.

Depois, pare para comer a deliciosa especialidade local, gnocco fritto com queijos e frios. Bem alí pertinho do museu, tem o restaurante Drake, onde eu já tinha almoçado uma vez. Provado e aprovado.

Museu Casa Pavarotti

Chamada de “Casa Vermelha”, foi sua última residência e recentemente transformada em museu multimedial dedicado a mémoria do grande tenor italiano.

Abadia de Nonantola

Etapa artística-cultural na abadia do século 8 situada na pequena cidade a poucos quilômetros de Modena.

MuSa – Museu dos Frios

No estabelcecimento Villani, produtor de presuntos e embutidos desde 1886, um interessante museu que mostra as fases de produção das famosas mortadelas de Bolonha, presunto de crú de Parma e San Daniele, presunto cozindo, copa e outras variedades.

4 Madonne – Parmigiano Reggiano

Fábrica do famoso queijo italiano, parmigiano reggiano, produzido só nessa região, a visita do estabelecimento surpreende pelas várias fases, que respeitam a tradição.

No final, é possível degustar alguns tipos de parmigiano.

fabrica parmiggiano reggiano

Palácio Ducal de Sassuolo

A cidade, famoso centro de produção de pisos e azulejos de alta qualidade, tem origem medieval e hospeda o belo Palácio Ducal, que foi residência de verão do ducado Estense.

Modena

A cidade, famosa pelos seus filhos ilustres e por ser sede da Ferrari, Maserati e do famoso autódromo, é uma das etapas dedicadas a arte e cultura, com seu centro histórico e a Piazza Grande, um dos 50 Patrimômios Unesco italianos.

IMG_1356

Quanto custa:

O passe Discover Ferrari e Paravotti Land custa 60 euros por pessoa por 48 horas de serviço van e entradas nas atrações.

A partir do segundo dia, cada dia adicional (se você quiser fazer as coisas com mais calma) custa 25 euros por pessoa.

Não estão incluídos nos preços as despesas de hospedagem (mas é possível adquirir pacotes a partir de 260 euros por pessoa), alimentação, taxas.

Onde comprar:

Pelo site  www.ferraripavarottiland.it

Vivara Viaggi  booking@vivaraviaggi.it

*Minha viagem a Emília Romagna foi um convite e faz parte do Discover Ferrari & Pavarotti Land project, uma colaboração entre Emilia-Romagna Tourism Board e iambassador, mas todas as opiniões aqui relatadas são pessoais.

Reserve seu hotel em Bolonha com o Booking clicando aqui

Reserve seu hotel em Modena clicando aqui

1 2 3 70