21° Triennale de Design e Arquitetura em Milão

Os amantes do design e arquitetura tem um ótimo motivo para pensar em uma viagem a Milão esse ano. Depois de 20 anos da última edição, a cidade inaugura a 21° Triennale de Design e Arquitetura, que começa dia 2 de abril e vai durar 5 meses, até 21 de setembro 2016 com a participação de vários países.

Triennale Milão 2016

A HISTÓRIA

Fundada em 1923 em Monza, a Triennale di Milano se transfere em 1933 para o novo Palácio das Artes, construído para hospedar as exposições de arquitetura e design.

Desde o inicio, a Triennale tem como objetivo principal o estímulo de interação entre a  indústria, mundo produtivo e as artes aplicadas.

triennale_Milao

Já na exposição de 1933 participaram artistas como Giorgio De Chirico, Carlo Carrà e Mario Sironi, esse último trazendo a  pintura a ‘murales’ e grandes nomes da arquitetura italiana com projetos de habitações como Giò Ponti e Piero Portaluppi.  Foi grande também desde o início a participação de vários países estrangeiros.

A ideia de propor a exposição a cada 3 anos entra em crise nos anos 60 e a Triennale começa a ser apresentada com uma frequência irregular. A última Triennale realizada em Milão foi em 1996.

O PALÁCIO DA ARTE

Projetado pelo arquiteto Giovanni Munzio, o prédio da Triennale conhecido como Palácio da Arte é um ícone das arquitetura racionalista da época.

É uma imponente construção que conta com espaços para as exposições, escritórios, 2 teatros, biblioteca, restaurantes, uma livraria de arquitetura e design e sua posição foi pensada para completar a área monumental do Castelo Sforzesco, Parque Sempione e o Arco da Paz.

Milão Triennale 2016

Desde 2007 o Palácio da Triennale, como è chamado por aqui, hospeda o interessante e dinâmico Triennale Design Museum, com mostras que se renovam anualmente com a intenção de responder a pergunta: o que é o design italiano?

XXI TRIENNALE

Com o tema Século 21: design após design, a Triennale desse ano promete ser uma das maiores  já realizada e essa edição vai passar os confins do Palácio da Arte e será realizada em outros 11 espaços espalhados pela cidade como HangarBicocca, Mudec, Museu da Ciência e Tecnologia, Politécnico e até a Villa Reale de Monza. O projeto está tentando também reutilizar dois pavilhões da Expo2015 para realizar duas mostras.

Temas como as novas fronteiras da globalização, as mudanças urbanas e urbanísticas, a relação entre o artesanato e as novas tecnologias, o papel da mulher no design, entre outros,  serão abordados nas 20 mostras concebidas pela Comissão Científica da Triennale em colaboração com outros 9 arquitetos e artistas.

Milão espera receber entre 300 e 500 mil visitantes para a XXI Triennale e será possível visitar a as mostras com um bilhete de 15 euros (que dará direito a entrar em uma mostra 1 vez) ou o passe ilimitado ao custo de 22 euros.

Apaixonados por arquitetura e desing: Milão espera por vocês!!

Para atualizações sobre a exposição, siga a página do Facebook do Milão nas mãos e o site da 21 Triennale



2 respostas
  1. Laura says:

    Magê querida, vou para ai em Abril !! Muito feliz de voltar para Milão ! Como está a segurança por ai? Posso andar com o celular a mostra e camera fotográfica também? Bj e obrigada

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *