4 cidades para conhecer no Lago de Garda

Junto com as montanhas, os lagos são uma das grandes atrações naturais da região da Lombardia.

Além do Lago de Como, aqui ficam também partes dos dois maiores lagos italianos: o Lago Maggiore e o Lago de Garda.

Esse último é o maior lago italiano e toca 3 regiões. Muito frequentado por italianos e alemães na primavera e verão, algumas de suas charmosas cidades ficam a poucos quilômetros de Milão e quem passa por aqui pode aproveitar para um bate e volta ou uma estadia um pouco mais longa.

É o tipo de viagem que sempre vem a dúvida:  é melhor fazer de carro ou de trem?

Para uma viagem ideal e mais tranquila, a melhor opção é o deslocamento de carro, já que Salò e Gardone Riviera não tem estações de trem (a opção é chegar até Brescia de trem e dali pegar um ônibus).

Já Desenzano e Sirmione são fáceis para quem chega tanto de carro percorrendo a rodovia A4 Milão-Veneza (as duas cidades são saídas da rodovia), mas também para quem se locomove de trem viajando de Milão (Estação Central) a estação de Desenzano, que oferece ônibus até a vizinha Sirmione.

Escolha a sua cidade e como chegar até lá e não deixe de visitar uma dessas belezas.

Sirmione

É a segunda cidade do Lago de Garda para quem está chegando de Milão de carro (antes tem Desenzano).

Situada em uma península no lago, foi a cidade de residência de Maria Callas entre 1951-1959, quando foi casada com o industrial Giovanni Meneghini.

Além da paisagem belíssima e pitoresca, Sirmione tem um centro histórico rico de atrações, como o Castelo Scaligero colocado em um dos acessos de época medieval da cidade e que é aberto aos turistas, que podem subir na torre mais alta da imponente construção.

Outra atração são as Grutas de Catullo, que apesar do nome não são grutas e sim os restos de uma domus romana, construída por volta de 1 d.C.

Para quem quiser aproveitar a cidade a fundo, a dica é passar parte do dia nas Termas de Sirmione. Um programa legal tanto no verão quanto no inverno.

Desenzano

É a cidade mais populosa do Lago de Garda e oferece a mesma paisagem pitoresca do resto das cidades na beira do lago.

As atrações ficam por conta do castelo, o porto, a catedral da cidade e a Piazza Malvezzi, a praça principal da cidade com muitas de suas casas originárias do século 16.



Salò

Um pouco mais para cima do Lago de Garda, em relação as duas cidades anteriores, na Itália a cidade é famosa por ter sido ‘refugio’ de Mussolini durante a Segunda Guerra Mundial, onde ele fundou a República de Salò (1943), um estado fantoche controlado pelos nazistas.

Além do Duomo de Salò, a atração aqui é passear pela beira do lago e pelo centro histórico ou fazer um passeio de barco.

Gardone Riviera

A menor cidade das quatro, tem um minúsculo e gracioso centro, cheio de restaurantes e bares onde fazer um aperitivo no final da tarde.

A cidade é famosa por ser a escolhida pelo excêntrico escritor italiano Gabrielle D’Annunzio (1863-1938) para a realização da sua casa museu, o Vittoriale degli Italiani, uma construção em estilo eclético rodeada de um enorme jardim que conta com um verdadeiro navio colocado entre as árvores e o mausoléu do escritor, posicionado em uma pequena colina com uma vista espetacular para o lago.

Além do famoso calçadão na beira do lago, Gardone Riviera oferece também oas amantes da natureza, um pequeno jardim botânico, o Heller Garden.

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *