Agenda Brasil 2017: cinema e música brasileira em Milão

O cinema brasileiro volta a ter a sua vitrine em Milão também esse ano, mas com uma grande novidade: uma seção competitiva com 6 filmes que concorrem pelo prêmio da crítica e do público de melhor filme.

Produzido desde 2012 pela Associação Vagaluna, presidida pela carioca Regina Marques, Agenda Brasil vem ganhando todos os anos o seu espaço na agenda cultural da cidade como referência na exibição de produções brasileiras, infelizmente pouco distribuídas na Itália.

O festival acontece de 27 de outubro a 5 de novembro no MIC (Museu Interativo do Cinema) e no Spazio Oberdan e vai exibir 12 filmes entre ficção e documentários que contam o Brasil de hoje e suas contradições, como Central, documentário que conduz o espectador ao presídio de Porto Alegre, considerado um dos piores do país.

Outro documentário na programação, vencedor do prêmio de Melhor Documentário em Cannes em 2016, é Cinema Novo, dirigido por Eryck Rocha, filho de Glauber Rocha e um dos protagonistas do movimento cinematográfico.

A presença da música, gênero sempre presente nas outras edições, esse ano volta com a exibição de Chico artista brasileiro, documentário que abre o festival e Elis, filme que conta a trajetória artística da grande cantora Elis Regina.

Mas o Agenda Brasil não é feito só de filmes e vários eventos paralelos como mostra fotográfica, shows e leituras, estão programados em diversos lugares da cidade.

Agenda Brasil é realizado em parceria com a Fondazione Cineteca Italiana e conta com o apoio da Embaixada do Brasil na Itália e do Consuldado-Geral do Brasil em Milão, além do apoio institucional da Prefeitura de Milão e o patrocínio de diversas empresas e media partners.

Para mais informações, acesse o site Vagaluna

PROGRAMAÇÃO

CINEMA –Filmes em língua original com legendas em italiano

Exibições no Museo Interattivo del Cinema – Viale Fulvio Testi 121 – Ingressos: 5,50 euros (inteiro) – 4,00 euros (reduzido) – 6,oo euros (adulto + criança)

SEXTA-FEIRA 27 DE OUTUBRO

h 19.00 Brinde de inauguração do Festival Agenda Brasil 2017

Segue:

Chico artista Brasileiro (Miguel Faria Jr, Brasil 2015, 110’).

SÁBADO 28 DE OUTUBRO

h 15.00 Os incontestáveis (Alexandre Serafini, Brasil 2016, 83’) Filme em competição

h 17.00 Comeback (Erico Rassi, Brasil 2016, 89’) Filme em competição

h 19.00 La vingança (Fernando Fraiha, Brasil 2014, 90’) Filme em competição

h 21.00 Redemoinho (José Luiz Villamarim, Brasil 2016, 100’) Filme em competição

DOMINGO 29 DE OUTUBRO

h 17.00 Seleção de Curta-metragens em colaboração com FESTin – festival de cinema itinerante dedicado à lusofonia, com produções do Brasil, Portugal, Guiné Bissau.

Presente Adriana Niemeyer, co-diretora do Festival.

h 19.00 Por trás do céu (Caio Soh, Brasil 2014, 104’) Filme em competição

h 21.00 Maresia (Marcos Guttmann, Brasil 2016, 90’) Filme em competição

 ———–

Exibições no Spazio Oberdan – Viale Vittorio Veneto 2 – Ingressos: 7,50 euros (inteiro) – 5,50 (reduzido)

SEGUNDA-FEIRA 30 de OUTUBRO

h 17.00 Comeback – Réplica

h 19.00 Os incontestáveis – Réplica

h 21.00 Cinema Novo (Eryck Rocha, Brasil, 2016, 90’)

TERÇA-FEIRA 31 de OUTUBRO

h 17.00 Maresia – Réplica

h 19.00 Por tras do céu – Réplica

h 21.00 Central (Tatiana Sager e Renato Dornelles, Brasil 2017, 75’)

Presentes os realizadores e o produtor Luca Alverdi.

QUARTA-FEIRA 1 de NOVEMBRO

h 15.00 Chico artista brasileiro – Réplica

h 17.00 Redemoinho – Réplica

h 19.00 La vingança – Réplica

h 21.00 O núcleo (Enrico Basaldella, Italia 2016, 115’). Presente o realizador.

QUINTA-FEIRA 2 DE NOVEMBRO

h 17.00 Terra em transe (Glauber Rocha, Brasil, 1967, 115’)

h 19.00 Seleção de Curta-metragens – Réplica

h 21.00 Cerimônia de premiação com entrega do Prêmio da crítica e do Prêmio do público.

Segue:

Elis (Hugo Prata, Brasil 2016, 115’)

EVENTOS PARALELOS

Casa Mia, Minha Casa, exposição fotográfica digital de Pietro Baroni e Luca Meola que indaga, através de retratos de 50 pessoas, sobre a imigração brasileira em Milão e italiana em São Paulo, primeira cidade no mundo por habitantes de origem italiana, incluindo a Itália. Museo Interattivo del Cinema – Viale Fulvio Testi 121, de 27 a 29 de outubro.

Nas cores/nei colori

Mostra pessoal de Eliane Piccardi, artista e graphic designer. Técnica mista.

Consulado-Geral do Brasil em Milão – Corso Europa 12, 1° piano

Inciampare in cielo come un ubriaco: parole e musica per Chico Buarque.

Homenagem a Chico Buarque de Hollanda, à sua obra literária e musical, com Roberto Francavilla (Universidade de Genova, tradutor de Chico Buarque) e Vincenzo Russo (Universidade de Estudos de Milão). Música e leituras com Luci Macedo, Priscila Ribas e Paulo Zannol. MUDEC  – Via Tortona 56, Sexta-feira 3 de novembro h 17.30

Live@Maxine

Um convidado especial em um lugar especial: Raul De Souza, o mais expressivo trombonista brasileiro de todos os tempos, encontra o pianista Alex Correa.

Maxine: a place to play! Sábado 4 de novembro – Primeiroo set h 17.00, segundo set h 20.30

Favela Shanti

Samba, Samba Rock, MPB, Forró, Sambass com os DJs Monica Paes & Frank Siccardi. Bachelite Clab – Via Vertoiba 3 Sábado 4 de novembro h 22.00

Segura, malandro!

Despedida de Agenda Brasil com o Vintage Samba Rock do quarteto Liga o Motoradio. Ostello Bello – Via Medici 4 Domingo 5 de novembro a partir das h 19.00

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *