As lojas fast fashion em Milão

Na próxima semana Milão será invadida pela fina flor da moda prêat à porter. Uma semana de desfiles das mais conhecidas marcas italianas que apresentam a coleção feminina primavera-verão 2014. Dolce & Gabanna, Etro, Prada,  Armani,  Gucci, Trussardi, Roberto Cavalli… poderia ficar aqui escrevendo parágrafos e parágrafos de nomes das maiores grifes italianas.

Mas Milão não é só a capital da moda para abastados e algumas ruas concentram um número de lojas muito mais acessíveis que estão sempre atualizadas com as tendências das estações. Bonitas , baratas e boas, são as lojas Fast Fashion, onde é possível comprar sem culpa e sem estourar seu orçamento aquelas peças que talvez durem só uma estação.

Nessa lista eu colocaria: Zara, HM, Cos, & Other Stories  e Mango. Mas outras marcas mais ou menos menos conhecidas pelos brasileiros como Max&Co., Bershka, Promod, Oviesse e Benetton podem oferecer boas surpresas e, se você está aqui, vale a pena dar uma conferida.

Todas as lojas você pode encontrar nas grandes ruas de comércio como Corso Vittorio Emanuele, Via Torino, Corso Vercelli e Corso Buenos Aires, que também hospedam as lojas de maquiagem das quais falamos nesse post.

Decida seu look, escolha  a sua loja e boas compras.

HM

O grupo sueco de roupas low cost  tem várias lojas em Millão e nos últimos 2 anos abriu também as lojas das suas outras marcas: a COS, que propõe peças mais essenciais,  corte mais estruturados  e preços um pouco mais elevados (de 29 e 350 euros) e a já famosa & Other Stories, loja bem legal, com preços também mais alto que a HM, mas com uma coleção mais cuidada e estilosa.

Hm Milao Other stories

Na HM, a rotatividade das mercadorias é grande (fornecimento 1 – 2 vezes por semana)  e você encontra jeans, peças mais clássicas como blazers e calças sociais, camisas, blusões e vestidos. As lojas também tem sempre os departamentos de lingerie e make up que valem a conferida, a seção infantil e masculina.

Confira também os acessórios baratinhos (colares e pulseiras por 5-10 euros), maquiagens, bolsas e chapéus e as minhas adoradas sapatilhas coloridas a 12,90 euros.

Durante as liquidações, principalmente no inverno, quem tiver paciência de procurar e um pouco de sorte, encontra casacos de lã por 15 euros. Tenho certeza que se um dia a HM chegar ao Brasil, vai ser sucesso garantido.

Max&Co.

É a marca retail da italiana e bem mais cara Max Mara. A qualidade é boa mas os preços em relação as outras três marcas acima é mais caro.

Roupas jovens mas ao mesmo tempo clássicas com modelos que vão do casual, ao look mais formal e propostas para a noite. As coleções também trazem  bolsas, sapatos e casacos e acessórios.

Zara

Bastante conhecida pelos brasileiros, a marca espanhola que  é a maior fabricante de roupa do mundo, não precisa de apresentações.

Sua força está na rapidez com que as peças (em sintonia com as tendências) chegam às prateleiras das lojas.  A rotatividade é grande e de semana em semana as roupas expostas nas araras mudam completamente.

zara Milao fast fashion

Quem passa por aqui durante as liquidações de verão ou inverno tem que entrar para conferir os preços, que são descontados em até 50%.

Mesmo que alguns brasileiros me digam que não compensa comprar aqui, eu acho  os preços mais convenientes em relação ao Brasil (chega a ser a metade) e nem tudo o que temos aqui chega aí.

Mango

Marca espanhola  que tinha lojas em São Paulo e Rio  e onde eu dou sempre uma passada. Costuma ser um pouquinho mais cara que a Zara, mas as roupas são também mais chiques e estilosas e o custo benefício é bom.

lojas low cost milao fast fashion

O meu ponto fraco são os casaquinhos curtinhos deles e as calças caquí para a primavera-verão. Eles tem também uma coleção de sapatos, bolsas e acessórios.

Fotos: Milão nas mãos e catálogo Mango

11 respostas
  1. Maria Pinho says:

    Gostaria de saber por gentileza, se as lojas e shoppings de Milão, funcionam normalmente aos domingos?
    Agradeço desde já e aproveito para parabenizar pelo blog maravilhoso e super cheio de ótimas dicas!

    Responder
  2. christiano says:

    mage

    chego em janeiro no frio e queria comprar a roupa de frio ai , so levarei uma peca apenas , pois quase não uso e queria um treanch coat , quando as lojas começam a liquidar o inverno você sabe ?

    beijos obrigado

    Responder
  3. Tamara says:

    Olá!!!

    Desde que entrei no seu blog não consigo mais sair!!! Parabéns pelas postagens e pela dedicação!
    Irei para a Itália dia 21 de janeiro de 2016, e meu primeiro destino é Milão.
    Como ainda vai ser inverno por aí, estou preocupada com o vestuário para aguentar o inverno italiano. As roupas fleece, segunda pele e casacos e sapatos impermeáveis aqui no Brasil são os olhos da cara!!!
    Queria saber se vale a pena deixar para comprar assim que chegar em Milão, por exemplo na HM.

    Ou se for muito caro também, vou ter que apelar para caritás hahahaha!!!!

    E só para constar! Milão era apenas o ponto de entrada na Itália, onde eu iria só passar a noite. Mas depois de ver o seu blog e suas dicas já mudei de ideia e planejo ficar no mínimo 4 dias!!

    Parabéns novamente e um abraço!

    Responder
    • Mage Santos says:

      Olá Tamara,
      Fico contente em saber que vc decidiu passar alguns dias por aqui!! Vc não vai se arrepender.
      Olha, a Decatlhon, na Praça Castelo tem opções legais de roupas térmicas, já que vendem roupas para montanhas e etc.
      Eu não sei o quanto é caro no Brasil e se com o câmbio assim alta vale a pena comprar aí ou aqui.
      Dá uma pesquisada nos sites da Decatlhon no Brasil e Itália.
      E boa estadia!!

      Responder
  4. Larissa says:

    Olá,

    Parabéns pelo site!!! Muitas dicas legais!!!

    Gostaria de saber o horário de funcionamento das lojas em Milão. É verdade que fecham no domingo e nas segundas pela manhã, inclusive, as do centro histórico e Corso Buenos Aires?

    Responder
    • Mage Santos says:

      Olá Larissa,
      As lojas grandes do centro e Cso Buenos Aires não fecham nem no domingo e nem na segunda de manhã.
      Só fecham nesses dias lojas menores, de bairros e algumas do Quadrilátero da Moda.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *