Dicas de 3 bistrôs de restaurantes estrelados em Milão

A oferta gastronômica em Milão é uma das mais ricas da Itália: só come mal em Milão, quem não sabe onde ir.

Nos últimos anos, além do incrível aumento do número de restaurantes estrelados na cidade, que na maioria das vezes não é para o bolso de todos, vimos também o nascer do fenômeno dos “segundos” restaurantes desses chefes estrelados, opções mais em conta, mas com a mesma atenção a qualidade e inovação, em ambientes mais descontraídos.

4 restaurantes estrelados em Milão e arredores

Muita gente que viaja e é apaixonado por gastronomia, dedica um pouco do tempo e orçamento da viagem para conhecer bons restaurantes e fazer uma imersão na gastronomia do país. Sem querer puxar a brasa para a minha sardinha, a Itália é um países com umas das maiores e melhores gastronomias do mundo e comer bem aqui não é difícil. Junte isso ao fato de você estar em Milão/Lombardia e opções de restaurantes de alto nível não faltam.

O post reune experiências pessoais em 4 restaurantes estrelados em Milão e arredores para conhecer. Um diferente do outro por propostas de menu e técnicas de preparação, mas todos excelentes.

Bom apetite!

O novo Starbucks Reserve em Milão

O novo Starbucks Reserve em Milão chegou chegando. Décadas depois de surgir em Seattle e abrir também lojas na Europa, o colosso americano das cafeterias Starbucks chega na Itália e escolheu a cidade da moda e do design para abrir a primeira loja no país do cafezinho no bar.

A famosa rede já que sabia que para entrar em um mercado ‘difícil’ tinha que propor um algo a mais. Por isso a loja de Milão é o terceiro Starbucks Reserve Roastery (os outros dois ficam em Seattle e Shanghai) e traz o conceito de torrefação para dentro da cafeteria para proporcionar ao consumidor uma experiência completa.

Além do conceito da torrefação, o Starbucks decidiu abrir aqui, o que no momento é considerada a loja mais bonita deles no mundo.

Contraste: restaurante estrelado em Milão

Contraste é um restaurante de poucos lugares (35) e que abre só para o jantar, a exceção dos domingos que abre só para o almoço. A lista de espera é de cerca 1 mês e meio, então aconselho a se programarem. No ato da reserva é pedido o número do cartão de crédito e em caso de no show eles debitam 100 euros por pessoa.

Mas vamos ao que interessa de verdade, a experiência gastronômica. O restaurante escolheu por praticamente eliminar o cardápio à la carte e propõe 2 tipos de degustação: uma fixa com 6 pratos + sobremesa e a degustação Il Riflesso (O Reflexo), ou seja, 10 pratos surpresas preparados segundo o gosto do cliente.

Coquetéis clássicos italianos

Verão chegando e com as temperaturas agradáveis da primavera italiana, os bares colocam suas mesinhas nas calçadas e o ritual do aperitivo (happy hour), tão praticado pelos italianos e que os milaneses souberam aperfeiçoar, ganha ares coloridos com os drinks italianos por excelência.

Populares por aqui ao lado dos espumantes, vinhos e cervejas, nos últimos anos também conquistaram os estrangeiros, como os brasileiros por exemplo, que ultimamente elegeram o Aperol Spritz o coquetel da vez.

Mas a lista é um pouco mais longa e separei alguns para esse post.