Natal em Milão: decoração, feirinhas e concertos

Primeiro de dezembro, rumo ao Natal e, em Milão, Natal quer dizer tradição.

A famosa árvore da Praça Duomo chegou ao local na última quarta-feira, mas só será acesa na próxima sexta-feira, dia de Santo Ambrosio, padroeiro da cidade.

A chegada da árvore na praça na última quarta-feira

Esse ano vai ser realizada e patrocinada pela relojoaria milanesa Gaga e será um pinheiro de 20 metros de altura e 8 de largura, decorado com neve artificial, laços vermelhos e 6.000 luzinhas de baixo consumo energético.

A prefeitura garante que será uma árvore elegante e de grande impacto visual, mas vamos ter que esperar até o dia 7 de dezembro para vê-la pronta e iluminada (prometo fotos).

Na famosa Galeria Vittorio Emanuele, a decoração de Natal desse ano vai ficar por conta da famosa grife Prada, que aproveita para festejar a abertura, em breve, da segunda loja nesse magnífico monumento da cidade.

A árvore do ano passado

Mas o Natal não é só feito de decoração e Milão esse ano propõe a tradicionalíssima feirinha (já existia uma iniciativa parecida no século XVI) Obei Obei, com suas barraquinhas de produtos artesanais espalhadas em volta do Castelo Sforzesco (do dia 7 ao dia 9 de dezembro).

Para a criançada a dica em Milão é o Villagio delle Meraviglie, montado nos Jardins Públicos de Porta Venezia até 6 de janeiro 2013, que oferece espetáculos para as crianças, pista de patinagem no gelo e também uma feirinha típica de Natal.

Feirinha pelas ruas de Milão

O Duomo de Milão também organiza com a prefeitura uma feirinha de Natal em volta da catedral de hoje até o dia 6 de janeiro 2013. Serão 100 barraquinhas vermelhas onde serão expostos e vendidos produtos artesanais e especialidades gastronômicas.

Para fechar com chave de ouro, não poderia faltar o tradicional Concerto de Natal da catedral milanesa, que esse ano será domingo 16 de dezembro, às 19, com estrada gratuita.

Fotos: internet

São Paulo e Milão: cidades gêmeas

Quem sabe, em São Paulo ou aqui em Milão, que essas duas grandes cidades, tão parecida e tão diferentes, importantes centros culturais e econômicos de seus países, são cidades gêmeas desde 1962?

Pois é, elas são. E para comemorar os 50 anos do acordo assinado pelos dois prefeitos da época, Milão inaugura a iniciativa Agenda Brasil com a colaboração das Secretárias de cultura e relações internacionais da cidade e do Consulado do Brasil em Milão.

Paulistas em Milão

De hoje até 6 de janeiro de 2013, serão apresentados os filmes Xingu, Blindness, Elevado 3.5, Amanhã nunca mais, entre outros.

Também fazem parte do programa (clique aqui para ler a programação) uma mostra fotográfica chamada Paulistas, encontros literários com leituras de Manuel Bandeira, Vinícius de Moraes e Idalso Tavares, debates sobre a cidade de São Paulo e suas diferenças e semelhanças com Milão e até um encontro para crianças (1 de dezembro) Conta Conto onde serão lidas fábulas brasileiras em italiano.

Todos os encontros são gratuítos e acontecerão no belíssimo Palazzo Morando.

Agenda Brasil
Até 6 de janeiro 2013
Palazzo Morando
Via Sant’Andrea, 6
Grátis
 
 

Música Clássica nas Igrejas

Para o turista amante da música clássica que não conseguir bilhetes para um concerto no Teatro alla Scala, Milão oferece uma rica programação de música nas mais belas igrejas da cidade, na maior parte das vezes, grátis.

A graciosa igreja de San Fedele (pertinho do Duomo) propõe uma verdadeira temporada musical, com concertos que vão até junho 2013, a cada 2 semanas (mais ou menos) sempre aos domingos às 17.00 com ingresso gratuito. Leia a programação completa aqui.

A igreja de San Fedele

Outra alternativa são os concertos na suntuosa igreja de Santa Maria della Passione (também perto do Duomo) que apresenta um programa a cada segundo domingo do mês às 16.30, também grátis , até junho do próximo ano.

O interior da igreja de Santa Maria della Passione

A medieval Basilica de San Marco, no bairro de Brera, oferece em novembro 3 datas com concertos de música antiga, sempre às 21.00 com igressos a 12 euros. Junto com outras igrejas milaneses,  a Basilica é uma das mais importantes da cidade. Clique para conferir a programação.

Sempre em novembro, a iniciativa Cantantibus Organis apresenta 2 concertos para orgão: dia 18 na antiguissíma e belíssima Basilica de San Simpliciano às 17 com entrada franca. No dia 25 o concerto será apresentado na moderna igreja (foi construída em 1932) de Santa Maria Annunciata in Chiesa Rossa, sempre às 17 e com ingresso gratuito. Veja a programação.

O interior da Basilica de San Simpliciano

Onde mais você poderia apreciar uma boa música em cenários repletos de obras de arte, afrescos e esculturas?

Flutuando em Milão

A instalação interativa On Space Time Foam, no HangarBicocca em Milão, do artista e arquiteto argentino Tomás Saraceno foi inaugurada no último dia 26 de outubro e já é a terceira mostra mais visitada da Itália. Já nos primeiros dias a mostra recebeu 2.000 visitantes por dia, causando um tempo de espera de até 2 horas e meia. Eu cheguei logo no horário de abertura e peguei a senha para as 11.15 depois de me registrar apresentando um documento com foto.

On Space Time Foam é una obra “flutuante” formada por três membranas que se tornam três níveis por onde o público pode engatinhar (mais do que caminhar) suspeso a 20 metros de altura (o acesso à obra é feito através de escadas laterais e antes de entrar você tem que tirar sapato, brincos, colares, correntes , anéis e cintos).

Foram meses de preparação e experimentações para compor a obra, que contou com um time multidisciplinar de arquitetos e engenheiros. É um trabalho peculiar e sugestivo, que não deixa o público participante indiferente. Uma experiência (sensorial) que requer a disponibilidade de interagir com o espaço e com as outras pessoas, já que o movimento delas influência o seu, dada a deslocação do ar. A diversão, o esforço físico e o alto nível de emoção são garantidos.

Do térreo a obra é visível para o público e o acesso é imediato. Para o acesso ao andar superior para entrar na obra, é necessária a reserva (no local) para o primeiro horário disponível no dia da visitaO acesso é consentido por mais ou menos 15 minutos a um grupo de poucas pessoas de cada vez e não é recomendado à pessoas que sofram de vertigem, com problemas cardíacos ou  ataques de pânico e gestantes.

A obra vista de baixo – Foto: site HangarBicocca

A entrada ao andar superior é proibida a menores de 18 anos.

A obra fica no HangarBicocca até o dia 3 de fevereiro 2013.  Ah, e para quem estiver se perguntando: sim, aquela alí em cima no vídeo sou eu.

On Space Time Foam – HangarBicocca
Via Chiese, 2
De seg á qua: fechado
De qui à dom: das 11.00 às 23.00
Até 3 de fevereiro 2013 – Ingresso gratuito
 

Mostra Constantino 313 d.C

Muita gente não sabe, mas Milão foi capital do Império Romano do Ocidente de 286 até 402 d.C. Era a Mediolanum para os romanos.

Hoje resta pouquíssimo das construções romanas na cidade e a maior parte dos restos são acessíveis nos subterrâneos de edifícios, mas Milão era dotada de circo, termas, anfiteatro, teatro e palácios imperiais.

Um dos episódios mais importantes da Milão Imperial foi a proclamação em 313 d.C, por parte do imperador Constantino, do Édito de Milão, também conhecido como Édito da Tolerância, que declarava que o Império Romano seria neutro em relação ao credo religioso dos habitantes, legitimando o cristianismo e outras religiões e acabando oficialmente com as perseguições.

Para comemorar em 2013 os 1.700 anos da proclamação do édito, o Museu Diocesano de Milão inaugura, na póxima quinta-feira, no Palazzo Reale uma grande mostra com um percurso dividido por temáticas: Milão capital imperial, a conversão de Constantino, os símbolos de poder do Imperador, entre outras.

Ao todo serão mais de 200 objetos preciosos de arte e arqueologia provenientes de vários museus internacionais (Londres, Viena, Washington e Paris). Uma parte da mostra será dedicada a Helena, mãe do Imperador, figura de grande importância dentro da corte e que mais tarde se tornou santa.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Costantino 313 d.C
De 25 outubro 2012 à 17 março 2013
Palazzo Reale – Praça Duomo, 12
Segundas das 14.30 às 19.30
De terça à domingo das 9.30 às 19.30 (quintas até às 22.30)
Ingresso: 9 euros