Leonardo em Milão: a Sala delle Asse

Na programação de comemorações dos 500 anos da morte de Leonardo Da Vinci, mais uma obra do artista é exposta ao público depois de anos de restauro.

A Sala delle Asse, realizada no final do século XV no Castelo Sforzesco em contemporânea com a Última Ceia, foi restaurada nos últimos 7 anos e vai ficar aberta ao público de 16 de maio 2019 a 12 de janeiro 2020.

Os estabelecimentos históricos de Milão

A memória de uma cidade passa também pelo seu comércio e os estabelecimentos históricos de Milão são um valioso exemplo de tradição.

Ainda que nunca tenha sido uma cidade de mar, com porto, Milão sempre teve uma grande vocação comercial.

Praticamente do meio da Europa ocidental, Milão sempre foi a ligação entre o mundo mediterrâneo e os países transalpinos (do lado de lá dos Alpes).

Fernanda Wittgens e a Pinacoteca de Brera

Os personagens que fazem grande a história de uma cidade, são muitos e no caso de Milão não é diferente.

Mas na história recente da cidade, se destaca a figura de uma grande mulher: Fernanda Wittgens, primeira mulher a assumir a diretoria de um grande museu na Itália.

2019: o ano de Leonardo Da Vinci em Milão

Esse ano se comemora os 500 anos da morte (2 de maio de 1519) do gênio Leonardo Da Vinci e Milão (e a Itália) abrem ao público uma série de mostras especiais e reaberturas de obras o grande artista toscano.

Leonardo chega em Milão em 1482, aos 30 anos e passa aqui 18 anos de sua vida, trabalhando na corte do então duque de Milão, Ludovico Sforza. A cidade vai ser uma importante etapa na sua carreira como artista e engenheiro-projetista de máquinas e armamentos.

Se você estiver vindo para Milão, conheça a programação das mostras especiais e comemore também!

A Pinacoteca Ambrosiana em Milão

Entre os inúmeros museus de Milão, infelizmente pouco explorados pelos turistas, existe um de grande importância histórica, artística e cultural: a Pinacoteca Ambrosiana.

Fundada em 1618 pelo então cardeal arcebispo de Milão, Federico Borromeo, a pinacoteca é localizada no Palácio da Ambrosiana, onde fica também a importantíssima biblioteca.