Como se locomover em Milão

Milão é uma cidade plana e a área de maior interesse turístico-cultural é relativamente pequena. Então a melhor pedida é explorá-la de preferência a pé. Quando isso não for possível o transporte de superfície e o metrô (operados pela ATM empresa milanesa de transportes) cobrem toda a cidade e são bem eficientes. Nas duas opções a melhor coisa é se munir de um mapa, que você compra nas bancas de jornais ou nos pontos ATM presentes em algumas estações do metrô.
A planta do centro da cidade é feita de 3 anéis, que os milaneses chamam “le cerchie” (os círculos).

A planta da cidade – 3 anéis

 A mais interna cobre a área bem central do Duomo, Piazza Scala, Quadrilátero da Moda, Galeria Vittorio Emanuele e vai até o Castello Sforzesco. O anel do meio è chamado de “La Cerchia dei Bastioni” e engloba as antigas portas da cidade (Porta Romana, Porta Genova, Porta Venezia, Porta Ticinese, Porta Ludovica). A mais externa e mais larga engloba o Cemitério Monumental, a antiga Feira e a Estação Central (ferroviaria).

Se tiver tempo e um par de sapatos confortáveis, os dois anéis internos podem ser feitos sem problemas a pé e você vai descobrir e conhecer uma Milão que muitos turistas não conhecem.
Se a alternativa for o metrô ou as linhas de ônibus ou bondinhos (tram, em italiano) é bom se munir de mapa.

METRÔ, ÔNIBUS E BONDE

 O metrô funciona diariamente das 6.00 às 00.30 (nos sábados até às 01.40). As linhas são 4 (verde, amarela,  vermelha e mais nova lilás ) mas a rede também é integrada com o passante ferroviário. Antes de subir nos trens das linhas vermelha e verde cheque o destino porque em um dos sentidos as linhas tem bifurcações.
Os bilhetes urbanos ATM podem ser comprados nas estações de metrô ou no caso de ônibus e bonde nas bancas de jornais, custam 1,50 euros e duram 90 minutos (no caso do metrô, se você sair ele perde a validade para uma outra viagem de metrô mas vale para pegar um ônibus ou bonde e continuar o itinerário).
A opção mais conveniente é o bilhete diário (giornaliero) que custa 4,50 euros ou o bilhete para 2 dias (bigiornaliero) que custa 8,25 euros. Ambos valem para viagens ilimitadas nas 24 ou 48 horas a partir da primeira convalidação.
Os preços acima são dos bilhetes urbanos e cobrem mais ou menos o perimetro dos áneis. Se você tiver que ir mais longe ou está hospedado um pouco fora do centro, na hora de comprar tem que dizer o nome do lugar de destino e pagará em base ao trecho percorrido.

mapa_metrô_Milão

ATENÇÃO: Os ônibus e bondes não vendem bilhetes a bordo. Quando subir em um deles, vá até a máquina que convalida o bilhete e o mantenha com você. Se durante a viagem você for controlado por um fiscal e não tiver convalidado o bilhete ou estiver sem, a multa é de 35 euros e deve ser paga na hora em dinheiro. Se você usou o bilhete para o metrô e depois subir em um ônibus/bonde tem que convalidá-lo de novo. No metrô, depois de passar a catraca, guarde seu bilhete pois ele servirá para a saída ou para controles pelos fiscais.

BICICLETA

 A mais nova opção de transporte em Milão ( e muitas cidade européias) é a bicicleta. O serviço aqui se chama BikeMi  e a cidade já conta com 128 estações de bicicletas. Para o turista, o único inconveniente é que para utilizar o serviço é obrigatório se registrar ou pela internet ou em um dos pontos oficiais (ver site) e pagar com cartão de crédito. A diária custa 2,50 euros e o serviço é disponível só para maiores de 16 anos. Leia nesse post como utilizar o compartilhamento de bicicletas de Milão.
A BikeMi foi pensada como meio de transporte alternativo para os moradores da cidade, então, para não pagar o adicional de 50 centavos/hora o ideal é (a cada meia hora) pegar uma, ir até o seu destino e restituí-la. Você pode continuar assim por todo o dia, pelas 24 horas pagas.

BikeMi

BikeMi

TÁXI

É uma alternativa cara e você tem que levar em conta que aqui não se faz sinal para o táxi parar na rua. Existem os pontos de rua e você pega o primeiro da fila ou os rádio-taxi, então pode ser viável se estiver no hotel ou em um restaurante e pedir para que eles chamem um para você.

21 respostas
  1. Rogerio Fernandes says:

    Olá,
    Gostaria de saber se há um bilhete único que sirva para metro, ônibus e Tram em Milão.
    E se há opção para mais que 48 horas, afinal ficarei 5 dias na cidade.
    Obrigado,
    Rogério

    Responder
    • Mage Santos says:

      Olá Rogério,

      Os tipos de bilhetes ‘únicos’ são esses descritos no post. Eles servem para metrô, ônibus e tram e existem na versão 1 viagem, 1 dia ou 2 dias.
      Os outros bilhetes semanais e mensais são só para moradores (e não turistas)

      Responder
  2. Rodrigo says:

    Olá Mage!!
    Muito bacana suas informações, ajudaram muito!
    Mas me tire uma dúvida. Você disse que um mesmo bilhete pode ser usado no metrô + ônibus ou bonde no período de 90 minutos (ou vice-versa).
    Ele pode ser usado também por 2 bondes (linhas diferentes) pelo período de 90 minutos também?
    Obrigado

    Responder
  3. Diego says:

    Mage, boa noite.

    Estou com um “pequeno probleminha”. kkkkk. Bem, ficarei meus últimos dias da minha viagem pra Europa em milão, mais especificamente de 27 a 30 de setembro. Vou ficar em um hotel que aluguei pela VRBO, não sei se conheces. Esta é a propriedade: http://www.vrbo.com/1002806ha?unitId=1248969. Ainda não sei me localizar, mas parece que fica perto do Museu de Historia Natural. Bem, espero que seja um bom lugar pra ficar. As recomendações no site eram muitas.

    O meu pequeno problema é que meu voo de volta, parte do Linate as 6:30 da manhã. bem, estarei que chegar no aeroporto as 4:30. Imagino que devo ter que sair de lá as 4 da manhã. E ai, como faço ? Onde pego Taxi ? Existe algum serviço de transfer indicado que seja em conta, ainda mais nestes tempo de Euros estratosféricos…

    Muiiiito obrigado por qualquer ajuda. Se puder comentar da localização também, eu agradeço.

    Abs
    Diego

    Responder
  4. Ricardo says:

    Estou hospedado em um hotel mais distante do Centro de Milão e gostaria de saber qual alternativa é melhor para ir ao centro de Milão. Estou na Via Fratelli Cervo, 20090 Milan. Hotel NH Milano 2 Residence.
    Me informei na recepção sobre ônibus e aqui no blog diz que tenho que comprar bilhete em bancas de jornal. Aqui perto não existe uma. O que faço. Taxi é uma alternativa muito cara?
    Aguardo e parabéns pelo blog. Estou seguindo varias dicas e está sendo super proveitoso…

    Responder
    • Mage Santos says:

      Ricardo,
      Se informe no hotel onde tem um ponto de venda mais perto para comprar bilhete. Pode ser um bar, uma lotérica.
      da onde vc está, até o centro, o táxi pode sair uns 20 euros ou mais….

      Responder
  5. fatima caldas says:

    olá, primeira vez no seu blog, quero saber vou chegar pela estacão porta garibaldi, e vou para o hotel, situado via Alfredo Cappellini, onde pego o metro e qual a linha, este hotel fica perto da estação Central , tipo 500 metros. fatima. – obrigada.

    Responder
  6. Tiane says:

    Boa tarde!
    Adorei o seu blog, gostaria de saber o que acha de comprarmos os bilhetes do ônibus turístico (ônibus panorâmico) para poder conhecer a cidade mais rápido só iremos ficar 2 dias.

    Obrigado.

    Responder
  7. Nayara says:

    Oi Mage,

    Conheci seu blog hoje, pois enfim cheguei à parte de Milão no meu roteiro. Estarei aí em março de 2015 e estava pesquisando como me locomover da estação de trem central até o meu hotel (Hotel Palladio – Via A. Palladio, 8 – 20135 – Milano (MI)). Vi que posso pegar a linha de metro amarela até a estação Porta Romana, mas de lá teria que andar 700 metros a pé até o hotel. O problema são as malas.. você acha possível fazer essa caminhada a pé com bagagem? E se eu for de taxi, vi que serão 5,5 km. Será que ficaria muito caro esse percurso?

    Responder
  8. Alex Gandini says:

    Mage,

    Seu blog é siimplesmente demais. Parabens pelo trabalho!
    Estamos chegando em Milao no dia 10/04 para pegar o carro alugado, e depois de uma volta pela Lombardia voltaremos a Milano no dia 18 para ficar uns dias, e usei muitas das suas dicas para preparar a viagem. Espero poder deixar algumas impressoes aqui depois da volta.

    Obrigado

    Gandini

    Responder
  9. rossane rossi says:

    Boa noite,
    Quando visitar Milão,irei a noite no Teatro Scalla. Vc acha perigoso voltar ao hotel que fica na Stazione Central de metrô?
    Qual seria a melhor opção para as 22:00hs. obrigada

    Responder
    • Mage Santos says:

      Oi Rossane,
      Eu não acho Milão perigosa. Outro dia cheguei de trem na Central e caminhei a pé uns 10 minutos até chegar no lugar onde tinha que ir. Era de noite, eu estava sozinha e fiquei ligada, é claro, mas tinha bastante gente nas ruas.
      Eu acho que vc pode ir tranquilamente de metrô, mas se achar melhor, pegue um taxi que do centro a Centrale deve dar uns 6 euros.

      Responder
  10. Adriana Amorim says:

    Boa tarde,

    Eu vou ficar num hotel longe do centro, o una Escandinávia. Eu descobri que para chegar ao centro posso pegar o tram 1, mas como faço para voltar ao hotel ja que não posso chamar o taxi na rua? Estou aperriada. Me dê uma dica, por favor.

    Responder
    • Mage Santos says:

      Oi Adriana!!
      Use o transporte publico ou entao, vc nao pode parar um taxi se ele estiver passando, mas temos variso pontos de taxi
      em Milao. Se vc encontrar um deles, è so pegar!!
      Um abraço

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *