Dicas de sorveterias em Milão

Eu sou uma pessoa bem bem ligada em doces, mas confesso que não sou doida por sorvete. Tomo um de vez em quando. Mas tenho que admitir: o sorvete italiano não tem rivais no mundo.

Por aqui ele é consumido o ano inteiro, não tem essa que no inverno não se toma sorteve, incluindo as crianças. Mas é claro que na primavera e verão o consumo aumenta e as filas nas sorveterias também.

sorveteria Milao

Milão tem uma infinidade de sorveterias e elencar muitas delas seria uma tarefa árdua. Se você estiver por aqui, a minha dica é fugir dos sorvetes dos bares do centro, não porque a qualidade não seja boa, mas vale a pena procurar estabelecimentos que se dediquem só à produção dessa delícia, uma típica “gelateria”.

No centro, pertinho do Duomo e da Galeria Vittorio Emanuele temos duas boas opções. Na frente do famoso panzerotto Luini, fica a sempre cheia Cioccolati Italiani, especializada, como diz o próprio nome, em sorvetes no sabor chocolate de várias partes do mundo. Mas não faltam também algumas opções de sabores de fruta, como limão siciliano e tangerina (que aqui se chama mandarino).

sorveteria cioccolati italiani milao

A grande atração da sorveteria são três fontes de chocolate que ficam atrás do balcão. Se você pedir uma casquinha, a atendente te pergunta com que chocolate você quer enchê-la. A fórmula faz sucesso e a fila é grande. É justo por isso que não é a minha preferida: não tenho paciência para o comportamento muito italiano de não saber formar filas. O atendimento é confuso e em alguns dias a espera pode levar meia-hora.

A poucos passos dalí, na lateral da Galeria Vitorio Emanuele, fica uma das lojas da rede Gromm, famosíssima na cidade com 7 lojas. É a minha escolha quando estou nas imediações. Bons sorvetes de cremes e opções de frutas, com propostas de sabores  que mudam de acordo com a estação do ano.  Na Grom eu sempre peço o sabor Crema di Grom combinado com algum outro.

Na mesma rua fica a Venchi, umas das minhas preferidas também para os sorvetes de creme. Assim como na Groom, lá os sorvetes não ficam expostos e em contato com o ar (o que não é o ideal) e sim dentro de recipientes fechados com tampas. Aprendi na Universidade do Sorvete em Bolonha que assim é o certo.

sorveteria grom milao

Mas a minha favorita quando estou em Brera ou na região dos canais é a Amorino, que como as outras, também oferece sabores a base de cremes  como chocolate, avelãs, baunilha, canela, caramelo, etc e sabores de fruta como banana, manga, maracujá e coco.

Confesso que só posso dar a minha opinião sobre 2 sabores, já que não peço outra coisa quando tomo o sorvete da Amorino: amaretto e caramelo com manteiga salgada (esse último, também provei na Gromm e pra mim não chegava aos pés).  O charme é ainda a massa servida em forma de flor na casquinha.

sorvete amorino milao

Se você prefere sorvete de fruta ou creme, não deixe de entrar em uma sorveteria italiana e se deliciar com seu sabor preferido ou um sabor novo. Aqui eles são ainda feitos de forma artesanal, muitas vezes em laboratórios atrás das próprias lojas. Uma ds mais badaladas e adoradas pelos milaneses é a  Gelateria della Musica, que tem uma loja em uma pracinha escondida perto do Duomo.

É provar para adorar!!!

Fotos: Milão nas mãos e divulgação (Cioccolati Italiani)

Cioccolati Italiani
Via de Amicis 25
Via San Raffaele 6
 
Grom
Via S. Margherita 16
Corso Buenos Aires 13
Corso di Porta Ticinese 51
 
Amorino
Via Fiori Chiari 9
Alzaia Naviglio Grande 24
 
Venchi
Via Mengoni, 1
Via dei Mercanti
 
Gelateria della Musica
Piazzetta Pattari, 2

 

9 respostas
  1. aluisio vieira says:

    Não perca a Gelatteria Artico, na Porro Lambertenghi, cujo dono, Maurizio, além de tudo, pesquisa sobre gelato e controla a origem e qualidade dos fornecedores. Todos os sabores maravilhosos; cuidado p não abusar! Visitem o site p tirar duvidas. Abs

    Responder
  2. Candida Silva says:

    Já tiveste oportunidade de visitar Belém do Pará? Aqui temos a melhor sorveteria do mundo, e os melhores sorvetes! Já estive algumas vezes na Itália, e confesso que não achei os sorvetes italianos melhores que os nossos. Temos aqui na cidade a sorveteria CAIRU, com uma enorme oferta de sabores e qualidade imbatível. Venha conhecer!

    Responder
  3. Dani Bispo says:

    Hum, que delícia!! Sou totalmente louca pelos sorvetes italianos e quando estou aí, principalmente no verão é praticamente um gelato por dia! Não consigo fugir do sabor pistache. Gosto também do figo com ricota mas esses que vc citou me deixou super curiosa. Dica anotadíssima!

    bjs
    Dani Bispo

    Responder
  4. Elaine says:

    Tive o prazer de provar um delicioso “gelato” numa sorveteria perto do Duomo, mas não me lembro se foi uma das citadas pela Magé.
    Provei limão siciliano e “fragola” (morango), e o mais legal é que o sabor é muuuuuito intenso, você sente gosto da fruta, é bem cremoso também. Parece não ter muito açúcar, apenas o da fruta mesmo.
    Delicioso capítulo milanês!

    Responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] orçamento de 5 euros não é o ideal, mas você pode se deliciar com um ótimo sorvete, provar o famoso panzerotto do Luini ou comer um panino (sanduíche) em vários bares da cidade, […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *