É primavera em Milão

Barcelona, Milão, Porto. O que essas cidades tem em comum?

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva Barcelona- Milão-Porto, que todas as quinta de Abril vai mostrar um pouco das coisas em comum dessas 3 grandes cidades europeias, pontos de referências em seus países, com a participação de Cristina Rosa do blog  Sol de Barcelona e Rita Branco do blog O Porto Encanta.

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Me lembro que há uns 25 anos atrás, uma grande amiga da minha família fez a sua primeira viagem a Europa e voltou ao Brasil nos contando que em Vienna, as pessoas se colocavam embaixo do primeiro raio de sol nas praças e parques na hora do almoço, muitas vezes ficando até sem blusa. Óbvio que todos nós achamos engraçado e exagerado.

Uma pessoa que passa a vida em um país tropical como o Brasil, sem estações muito definidas, não pode imaginar o efeito do sol e os prazeres por ele proporcionado depois de meses de inverno e frio. E olha que eu estou escrevendo da Itália, que não é o país mais frio por aqui.

primavera

Difícil explicar para quem nunca morou por aqui, mas a vida na primavera (e verão), muda. Não que ela pare no inverno, mas roupas, programas e muitas vezes o humor, tomam formas diferentes.

Taí o efeito da nova estação, do sol, que não faz desabrochar só as flores e árvores, mas também coloca mesinhas e cadeiras nas calçadas em frente aos bares e restaurantes, torna tudo mais leve, muda o teu estado de espírito, fazendo desabrochar a alma.

primavera_milao

Por aqui vamos continuar a frequentar mostras e exposições, como as programadas na cidade para os próximos meses, mas vamos começar também a fazer programas outdoor, como pedaladas pela cidade e a demorar em almoços e happy-hours ao ar livre em Brera ou a beira dos canais da cidade. É também a melhor estação para apreciar a minha adorada magnólia no claustro da igreja de Santa Maria delle Grazie, que hospeda a famosa Santa Ceia no seu refeitório.

O claustro da igreja de Santa Maria dele Grazie

O claustro da igreja de Santa Maria delle Grazie

Pelas ruas, as primeiras flores começam a aparecer nos vasos das varandas das casas, mudando também as cores de uma cidade considerada cinza.

Que você goste do calor ou não, tem que concordar comigo: tudo é mais fácil e mais bonito com sol, inclusive Milão.

E agora que apenas começamos o horário de verão, a alegria dura até mais tarde.

Benvenuta Primavera! !

Para saber como vai a Primavera em Barcelona e no Porto clique nos links.

Sol de Barcelona

O Porto Encanta

Fotos: Milão nas mãos

6 respostas
  1. Alex Gandini says:

    Oi Mage
    Estive em Milano em abril, no final de semana da pascoa, e usei VARIAS dicas do seu blog. Muito obrigado pela ajuda !
    Gostaria de compartilhar com voce um otimo servico que utilizei em milao, o aluguel de cadeirinhas para carro e carrinho de bebe do site http://www.mammamamma.it/ , das queridas Rossana e Aurora. O preco foi MUITO menor para o aluguel das cadeirinhas do que o preco da locadora do carro, cerca de 1/3, e o servico de entrega e retirada foi perfeito, elas chegaram sempre antes do combinado. Os equipamentos eram perfeitos, exatamente como anunciado, e fiquei muito satisfeito com o trabalho todo.
    Espero ajudar aos amigos que irao visitar Milano com criancas como eu.
    Abracos
    Gandini

    Responder
  2. Carmen Gil says:

    Ah, que o Milão Nas Mãos faz bem aos olhos e ao coração…

    Eita, que a rima saiu sem querer e ficou meio piegas! Mas não vou apagar. É isso mesmo!

    Parabéns!

    Responder
  3. Ana Cristina says:

    Mage, e pensar que a primavera passada eu estava aí!!! ai, que saudades!!! Já li os 3 blogs participantes da blogagem e adorei! Acho que a Cris e a Rita vão ter que me aturar por lá também! rsrsrsrs… Beijos e muito sucesso!

    Ana

    Responder
  4. Fabio says:

    Olá! Muito bacana este post sobre a chegada da primavera! Lindas as fotos que você colocou! Parabéns!

    Já fui algumas vezes para Itália, mas devido ao tempo, sempre fico no eixo turístico, e fico sempre me perguntando, como será que é o bairro real destas pessoas? Tenho muita curiosidade sobre o dia-a-dia das pessoas em qualquer parte do mundo.

    Na ultima vez que fui à Roma, fiquei hospedado em um bairro, próximo à uma escola. Foi incrível.

    Fico feliz em acompanhar alguns blogs que trazem o cotidiano de um lugar distante.

    Keep walking!!! Parabéns!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *