Milão: 48 horas com menos de 48 euros

É possível passar 2 dias em Milão gastando pouco e conhecendo alguns pontos importantes da cidade, misturando arte e mundanidade?

Sim, é possível. Tirando a hospedagem, é claro, a cidade oferece uma série de opções baratas ou grátis, como já contei nesse post. Aqui, eu pensei em deixar algumas dicas do que fazer em Milão em 2 dias gastando até 48 euros.

Dia 1

10h  7 € *
Onde: Telhados do Duomo

O Duomo de Milão é a primeira parada de qualquer turista. Impressionante por fora, onde mostra o melhor do seu majestoso mármore, é nos telhados que confirma a fama da sua beleza gótica medieval.

Enfrente sem temer as centenas de degraus. Você não vai se arrepender quando estiver lá em cima, tête-à-tête com as 135 estátuas que decoram os pináculos.

13h – 2,50 €
Onde: Luini

Ao lado do Duomo, é o panzerotto mais famoso da cidade. A fila é uma mistura de locais e turistas bem informados que vão atrás do salgado de origem pugliese, recheado de mozzarela de búfala e tomate.

Como contei nesse post, a melhor coisa é saborea-lo na Praça San Fedele ou na Praça Scala.

14h – 0 € *
Onde: Gallerie d’Italia

Situada na Praça Scala, uma visita a Gallerie d’Italia  valeria a pena nem que fosse para conhecer os dois palácios que hospedam a coleção privada do banco Intesa Sa Paolo.

Dividida entre a arte moderna do século 19 e a contemporânea do século 20, expõe obras de Antonio Canova, Umberto Boccioni, Piero Manzoni, Michelangelo Pistoletto e Lucio Fontana.

o que fazer 2 dias em Milao

16h – 0€
Onde: Passeio pelo Quadrilátero da Moda

Deixando a Gallerie d’Italia, Via Manzoni é uma das ruas que fecha um dos lados do quadrado que dá nome as 4 ruas mais famosas do mundo da moda.

Se deleite com as vitrines das marcas mais famosas, mas não deixe de reparar também na arquitetura de alguns palácios e casas em Via Montenapoleone, Via Gesú, Via Borgospesso, Via Santo Spirito e Via della Spiga, a única fechada ao tráfego e, para mim, a mais bonita de todas.

18h30 – 10 €
Onde: Corsia del Giardino

Essa é a hora clássica do aperitivo milanês. Centenas de locais deixa seus escritórios para encontrar amigos ou concluir reuniões nos vários bares da cidade que oferecem buffet ou petiscos elaborados pelo preço fixo do drink que você escolher.

 ………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………

Dia 2

10h – 1,50 €
Onde: Tram 1 – Praça Repubblica

O bondinho da linha 1 é um daqueles tradicionais dos anos 20/30, todo de madeira por dentro e que são um dos símbolos dessa cidade.

Na Praça repubblica, pegue-o em direção ao centro e vá apreciando o percurso, até descer nas imediações do Castelo Sforzesco.

11h00 – 0 €
Onde: Castelo Sforzesco e Parque Sempione

O castelo da cidade é de época Renascentista e foi uma das cortes mais refinadas durante o período na Europa, quando por alí trabalharam artista como Leonardo da Vinci e Bramante.

Entre pela praça das armas e repare nas ameias no alto, onde os soldados faziam a guarda e nas grandes torres laterais que na época serviam como prisões.

A parte de trás da construção é dedicada a Corte Ducal e era onde ficavam os apartamentos dos duques e as salas de audiências e a capela. São essas salas que hoje hospedam parte dos museus municipais da cidade, como o Museu de Arte Antiga, dos Instrumentos Musicais ou a Pinacoteca do Castelo.

Deixando o castelo pela parte de trás, vocé dá para o Parque Sempione, o maior parque público da cidade. Antes de continuar o passeio, sente-se embaixo de uma árvore ou em um banco e dedique-se a observar o vai e vem de turistas e locais.

13h  4 €
Onde: Bar Brera ou Jamaica

Antes de uma visita a pinacoteca da cidade pare para almoçar saboreando um autêntico panino, como chamamos aqui o sanduíche.

Pão crocante recheado do que você preferir: presunto cozido, crú, mozzarela, bresaola, tomates, verduras. As opções são infinitas e você ainda come em um dos bares tradicionais do bairro.

2 dias em Milao dicas do que fazer

14h – 9 €
Onde: Pinacoteca Brera

O antigo bairro dos bordéis milaneses hoje é um dos metros quadrados mais caros da cidade. Lojas de grife, galerias, antiquários e cafés dão o toque charmoso que encanta os turistas durante o dia e a noite.

Brera é também o bairro da grande Pinacoteca de Brera. Atravesse o imponente pátio, preenchido pela estátua de Napoleão nú que fica bem no meio e suba a escadaria até os grandes quadros de nomes como Tiziano, Mantegna, Caravaggio, Raffaello, Bellini, entre outros.

16h30 – 0 €
Onde: Corso Garibaldi – Corso Como

Depois de um banho de arte italiana, nada melhor que relaxar antes da parada para o jantar passeando por Corso Garibaldi e sua continuação, Corso Como.

Caminhe sem pressa admirando a arquitetura popular das casas de “ringhiera” (balaustras) que hoje escondem apartamentos modernos em outro metro quadrado caro na cidade.

Antes de Porta Garibaldi, repare na igreja dupla de Santa Maria Incoronata e dê uma entrada. São duas igrejas unidas em uma só.

Atravesse a porta para continuar por Corso Como. É naquele pedacinho de rua, que no número 10 fica a famosa concept store milanesa 10 Corso Como. Entre para conferir uma das lojas mais bonitas da cidade. Suba também para conhecer a livraria e dar uma espiada na mostra na Galleria Sozzani (sempre grátis).

Saindo dalí, continue seguindo a agulha do arranha-céu Pelli e suba até nova praça da cidade: Praça Gae Aulenti. Sente-se um pouco para ver os locais que trabalham por alí e que começam a voltar para a casa ou estão indo fazer um aperitivo.

Volte para trás, até a Porta Garibaldi… é hora de pensar no jantar.

19h00 – 10 €
Onde: Eataly

A versão milanesa do Eataly, o empório gastronômico mais famoso do mundo fica na antiga sede do Teatro Smeraldo. A noite tem sempre um pouco de música e o ambiente é bem agradável.

Com esse valor, você pode escolher uma pizza margherita ou um prato de massa simple e fechar seus dois dias em Milão, na melhor tradição italiana.

Reserve um tempinho antes ou depois do jantar, para conferir as prateleiras recheadas de produtos gastronômicos italianos.

Total 2 dias= 44 €

* Atenção: Agosto 2015: a partir de junho 2015 a Gallerie d’Italia passou a cobrar 10euros pelo ingresso e os telhados do Duomo a pé custam 11 euros, comprometendo a soma desse roteiro :-(

* Endereços e horários nos links

18 respostas
  1. juliana starling says:

    ola Mage,

    vou pra Milao em junho, com minha mae de 77 anos, voce acha que seria interessante visiatarmos Como e Belagio? teremos apenas 2 dias, li seu roteiro de 2 dias. Obrigado Juliana

    Responder
    • Mage Santos says:

      Coisas para fazer em Milão em 2 dias, tem Juliana. como vc viu pelo roteiro.
      O negócio é saber que tipo de experiências vcs querem. Aproveitar tudo em Milão ou deixar um dia
      para visitar o Lago?

      Responder
  2. Maria Amélia says:

    Olá!!!
    Daqui a 3 semanas vou estar 4 dias em Milão e tenho procurado comprar um Guia de Viagem Milão, mas não encontro em lado nenhum… Então encontrei seu blog…melhor que qualquer guia!! Só apetece imprimir tudo para nao falhar nada!
    Obrigada!
    Beijinhos de Portugal

    Responder
  3. Antônia says:

    Mage,

    Como se fala (pronuncia) ‘tram’ aí na Itália? Eles usam mesmo essa denominação? Pergunto isso por que quando perguntei pela ‘fermata del tram’ outro dia em Roma, pareceram não me compreender.

    Responder
  4. Karla Gê says:

    Adorei o post! Muito bom! Só uma pergunta que me deixou na dúvida: o Duomo de Milão é acessível por elevador ou só por escada? É que li em algum outro blog que tinha elevador.
    beijos

    Responder
  5. Mônica says:

    Oi, Mage, tudo bem?
    Fiz questão de lhe escrever para dizer o quanto seu blog me ajudou na minha viagem agora em setembro para Milão.
    O quanto me ajudou não, ele foi TUDO ! Nem precisei comprar um guia, voce foi minha guia !
    Segui todas as suas dicas, deu tudo certíssimo, AMEI Milão !
    Do Cenacolo Vinciano a 10 Corso Como, do Duomo ao Scala, da Rinascente a Galeria Vittorio Emanuele, tudo muuuuuito legal.
    Graças a voce e suas dicas preciosas eu pude assistir a um espetáculo no Scala e não perdi a Santa Ceia , tudo comprado com a antecedência que voce sugeriu…
    Mage, valeu mesmo por tudo, parabéns pelo blog – ele é ótimo mesmo – e espero contar com voce para a próxima viagem a Milão, pois nao deu tempo para ir até Navigli e o Italy Smeraldo estava fechado para um evento ….
    Beijo grande e sucesso!
    Mônica

    Responder
    • Mage Santos says:

      Querida Monica,
      Você não sabe que imenso prazer tenho em ler as suas palavras… Saber de tudo isso me faz ter a certeza que estou no caminho certo.
      Fico contente que você tenha aproveitado bem Milão. É uma cidade que tem muito a oferecer, é só vc estar aberto a ela…
      Até uma próxima vez e continue seguindo o MNM.
      Bjs
      Mage

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *