O Horto Botânico de Brera

Um post pequeno para falar de um lugar pequeno, meio escondido, que passa despercebido à maior parte dos turistas que visitam Milão e a o palácio da Pinacoteca de Brera: O Horto Botânico de Brera.

Com uma superfície de apenas 5000 mt2, na época em que o palácio era um convento de jesuítas era um jardim onde os padres cultivavam plantas medicinais que abasteciam a farmácia do importante convento.  Ele também era usado pelos eclesiásticos para momentos de meditação.

Horto Botanico Milão

Foi durante a dominação austríaca, quando o palácio deixa de ser religioso e passa a ser destinado à Academia de Belas Artes, que o jardim se torna Horto Botânico e começa a ser usado por estudantes de medicina da Universidade de Pavia.

O horto tem uma notável variedade de plantas, mas as estrelas são os dois Ginkgo Bilobas (um macho e uma fêmea), às árvores mais antigas no lugar.

Mais do que para aprofundar conhecimentos de botânica, já que o horto é pequeno (para isso, visitem o magnífico Horto Botânico de Pádua), vale uma passadinha, principalmente na Primavera e Verão quando ele dá o melhor de si.

A entrada é por dentro do pátio da Pinacoteca de Brera. Passe pela estátua de Napoleão, pegue o corredor da esquerda e siga às indicações para esse lugar quase secreto em pleno centro de Milão.

Horto Botânico de Brera

Via Brera – Palazzo di Brera

De seg à sab (de 1 abril à 31 outubro) das 10 alle 18

De seg à sab (de 1 novembro à 31 março) das  9.30 às 16.30

Fechamento: dias de fechamento da Academia de belas artes e feriados

Entrada Gratuita

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *