&Other Stories: nova loja da marca H&M em Milão

Depois das liquidações invernais e da Semana de Moda em fevereiro, o evento fashion mais esperado em Milão essa primavera era a inauguração da loja &Other Stories, a nova marca e loja do colosso sueco da moda HM.

loja other stories milao

A loja milanesa, foi inaugurada na última sexta-feira (quase em contemporânea com Londres, Paris, Barcelona, Estocolomo, Copenhagem e Berlim) e no dia seguinte dei uma passada para conferir. Uma mini fila se formava na porta e um segurança gerenciava a entrada. Foi ele, que conversando com uma pessoa que estava na minha frente, disse que no dia anterior tinham passado pela loja 7 mil pessoas.

O porque te tanto frisson e curiosidade? Porque a marca já chegava com a proposta de roupas mais bem acabadas, elegantes e conceituais que a “prima-pobre” HM, mas com preços ainda acessíveis. &Other Stories chega para incrementar a lista de lojas fast fashion da cidade, como Zara, COS, Mango e a própria H&M.

foto (8)

A campanha de lançamento foi feita através da rede, usando vídeos teasers no youtube e fotos postadas aqui e alí.

O layout da loja é propositalmente rústico, com refletores como luzes e chão de cimento queimado. Praticamente um galpão. Araras, estantes e mesas construídas sobre cavaletes completam a decoração e abrigam as peças, acessórios e produtos de beleza da marca.

foto (15)

A loja de Milão, que fica no início de Corso Vittorio Emanuele, logo depois da loja de departamentos La Rinascente, tem 4 andares. Um deles é totalmente dedicado a linha de cosméticos com uma grande variedade de sabontes, esfoliantes, esmaltes e todo o tipo de maquiagem. Os sapatos, em  (alguns) modelos que beiram o experimental, ocupam o sub-solo.

foto (14)

Além das peças de roupas, que são bem bonitas, com preços que vão dos 19 euros à 150 euros mais ou menos, o forte da marca são os acessórios como as bolsas (em couro) e bijoterias (colares, pulseiras, brincos e anéis) que não são baratas mas são lindíssimas e de qualidade.

foto (12)

Antes que alguém pergunte: só existe uma linha feminina por enquanto.

A fila nos provadores era longa e prometi a mim mesma de passar durante a semana para provar alguns modelitos. Vendo a fila lá fora e as pessoas que compravam dentro, fiquei imaginando o delírio que será no primeiro dia das liquidações em julho próximo.

Fotos: Milão nas mãos

2 respostas
  1. Elaine Pontes says:

    Ah, Magê, que pena que a loja abriu depois da minha ida a Milão, droga!
    Eu gostei da Rinascente, mas teria gostado ainda mais se pudesse ter comprado uma Céline, rsrsrs…
    A loja é incrível, tem tudo, e como é pequena em comparação com a amplitude das lojas no Brasil, a impressão que eu tive foi de que eu estava dentro do closet de uma rainha!
    Milão respira moda, novidade, elegância, é uma cidade muito especial.
    bjs

    Responder
    • Mage Santos says:

      Pois è Elaine, voce perdeu a inauguraçao por pouco…
      Os preços sao beeem mais acessiveis do que a Rinascente.
      Entao a minha dica è que vc volte logo pra Milao :-)
      Bjs

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *