Milano Bakery: comida boa e gentileza

O restaurante-bistrô Milano Bakery  fica em uma área longe do burburinho do centro, pouco turística, mas uma das mais interessantes nesse momento na cidade: o novo bairro de Porta Nuova, sede do novo Palácio da Região da Lombardia e a dois passos a pé do famoso e badalado Corso Como.

Mas porque não é una zona turística, porque fica na porta da estação de metrô Gioia (linha verde) e porque se você der um pulinho alí vai comer com gente da cidade e não só por tudo isso, é uma das minhas dicas quentes de restaurante em Milão.

restaurante milano bakery milao

Todas as vezes que fui ao Milano Bakery (e foram só cinco) saí com aquele impressão de lugar legal, moderno e  bem decorado com sua horta vertical e com um serviço oferecido por pessoas simpáticas sem serem forçadas, que em Milão é coisa beeem rara, acreditem. A gentileza alí é de casa.

A primeira vez não conta, entrei para tomar um café antes de pegar a minha bicicleta BikeMi alí na frente.

A segunda vez, antes de um show da Norah Jones, paramos (um pouco cedo) para jantar. A simpática Giannina muito delicadamente nos disse que a cozinha ainda estava fechada, mas que se esperássemos uns 40 minuto…Comentamos que não podíamos, explicamos que tínhamos pouco tempo por causa do show  e optamos por um happy-hour, esperando comer só uns canapés. Ela “sumiu” e quando voltou nos trouxe um prato cheio de minis sanchuíches de croissant com presentu crú. Reforçou também os canapés e na hora de pagar a conta pagamos só os 14 euros de um happy-hour normal para 2 pessoas. Gentileza pura.

Depois  voltamos com as meninas um sábado a noite porque estávamos alí perto e era hora do jantar.  Mais uma vez serviço simpático e comida boa, incluindo salmão crú de entrada e um taça de prosecco oferecidos pela casa.

jantar restaurante milano bakery milao

O nosso jantar no Milano Bakery

Depois do jantar, as meninas ainda pediram um docinho como sobremesa e o garçom trouxe dois para cada que depois não foram cobrados na conta de 65 euros (4 pessoas, 2 taças de vinho, 1 sobremesa). Ah, e na saída pratinho com mais pedacinhos de tortas e biscoitos para as meninas. Como disse Giannina: para vocês tomarem café em casa amanhã pensando no Milano Bakery. Gentileza pura 2.

Depois de tudo isso, decidimos voltar para o brunch em um sábado (tem também aos domingos, com reservar) e mais uma vez tudo funcionou bem. A fórmula do brunch é como outras aqui em Milão: você escolhe um prato do cardápio brunch e depois tem acesso ao buffet de pães, verduras, sopas e doces. Água ou suco e café incluídos.

Dessa vez  escolhemos seitan com verduras (18 euros) e americam breakfast (15 euros). O cardápio ainda oferece ceasar salad, hamburger, salmão, arroz, cous cous marroquino (tem sempre um prato vegetariano) com preços que variam de 13 à 18 euros. Existe também o menu para crianças com porções menores e que propõe massas, hamburger, lasanha e bife a milanesa com preços entre 5 e 7 euros.

Brunch Milao Milano Bakery

Detalhes do brunch e a horta vertical

Só não provei ainda o almoço, que deve ser um pouco mais caótico por conta de todos os funcionários da enorme sede da região que trabalham alí. Mas todas as vezes que fui, percebi que a clientela é feita de cliente fiéis, pessoas que moram alí por perto.

Se você quer um lugar tranquilo e com preços honestos para comer em Milão, pegue o metrô, fuja do caos do centro e curta o Milano Bakery. A comida é boa e a gentileza é garantida.

Milano Bakery
Piazza Città di Lombardia
Via Melchiorre Gioia, 35
 
 
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *