Segurança em Milão

Post editado em fevereiro 2013

Milão é uma cidade bem segura. Quero dizer, por aqui ainda não assistimos episódios de assaltos a mão armada, na maioria das vezes se tratam de furtos de carteiras. Como toda cidade que atrai turistas, aqui também temos nossa porcentagem de malandragem.
O problema mais comum (como em Roma, Paris e etc) é o furto de carteiras no metrô, estações de trem  (a Centrale é campeã), igrejas e monumentos mais cheios. Quanto mais gente tiver, mais cuidado você tem que tomar. Fique com a bolsa sempre na parte da frente do corpo e controle se os zipers estão fechados. Não deixe seu dinheiro todo junto na mesma carteira ou bolso (as grandes quantidades devem ser colocadas em bolsinhas junto ao corpo) e celulares nos bolsos de trás das calças.

segurança em Milão

Na Praça Duomo, Via Dante (a rua que leva do Duomo ao Castelo), Via Vittorio Emanuelle (que leva do Duomo em Piazza San Babila) e Via Torino são ruas de comércio onde, as vezes, se verificam roubos de bolsas, tome cuidado também com as pessoas que tentam te abordar para colocar uma fitinha no pulso ou uma pomba no ombro para tirar uma foto. Muitas vezes enquanto você esta distraído conversando com eles um outro grupo se aproxima para furtar carteiras e documentos. Ou seja, cuidado com as situações de confusão que as vezes são criadas para distrair a sua atenção.

Antes de sair do Brasil faça uma cópia do seu passaporte e deixe o original no hotel. Se você precisar de assistência consular procure o Consulado Brasileiro em Milão.

PS:. Depois da publicação desse post, a leitora Patrícia Bahia, de Belém, nos mandou um email relatando a sua experiência na estação Centrale quando foi abordada por uma mulher na frente da máquina para comprar o bilhete do metrô que se ofereceu para ajuda-la. Patrícia conta que a mulher falava alto e tentou trapacear na troca do dinheiro. Por sorte a nossa leitora percebeu que alguma coisa não estava indo bem e ameaçou chamar a polícia, o que fez a mulher se afastar.

Não aceite ajudas se você for abordado. Infelizmente existem gangs que criam momentos de confusão para se aproveitar da distração e levar malas e dinheiro. Ao comprar bilhetes de trem nas máquinas da Estação Central, peça ajuda só aos funcionários da Trenitália, que vestem uniforme e estão identificados.

No metrô, caso você precise de ajuda, aborde você uma pessoa ou tente encontrar um funcionário do metrô (eles ficam em uma “gaiola” de vidro entre as catracas).

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *