Posts

4 museus para visitar em Turim

Completamente diferente da minha amada Milão, Turim é a cidade das praças monumentais, com aquele ‘que’ de realeza que só uma antiga capital pode ter.

É também a cidade dos cafés históricos, como O Mulassano, Baratti & Milano e Il Bicerin, que inventou a bebida mais famosa da cidade e que se encontra só lá: o bicerin.

Mas quem visita Turim, além de flanar pelas suas praças e entrar de café em café, também não pode perder pelo menos um dos seus inúmeros museus, que estão entre os mais interessantes e importantes do país e que contentam todo o tipo de interesse: da história antiga, ao cinema, passando pelo Reino d’Itália e chegando aos automóveis.

Osservatorio: o espaço Prada dedicado à fotografia

A fotografia contemporânea e as linguagens visuais ganham um espaço expositivo na centralíssima Galeria Vittorio Emanuele com a abertura desde dezembro 2016 de ‘apêndice’ da Fundação Prada, o Osservatorio.

Com a intenção de explorar e indagar as tendências e expressões da fotografia contemporânea, é ela a grande protagonista do Osservatorio nas mostras regulares que darão espaço a jovens fotógrafos de todo mundo.

As mostras de arte em Milão em 2017

Keith Haring, Manet, Kandinsky, Manolo Blahnik, passando pela religião egípcia e Warhol, até chegar no grande mestre do claro escuro, Caravaggio, em mostra no próximo outono.

Esses são só alguns nomes dos artistas protagonistas das grandes mostras de arte em Milão em 2017.

Uma pena que a maior parte dos turistas que visitam a cidade, não dediquem parte do tempo a visitar as coleções permanentes dos museus milaneses e muito menos as temporárias, que nos últimos anos trouxeram grandes nomes da arte para as salas do circuito local e que esse ano vão incluir Palazzo Reale, Mudec, Castelo Sforzesco, Palazzo Morando, Casa Museu Boschi di Stefano, Pac, Museo del Novecento, entre outros.

5 curiosidades sobre o Teatro alla Scala

Um dos maiores teatros de lírica do mundo, o Teatro alla Scala é também chamado teatro dos milaneses. Construído em estilo neoclássico pelo governo austríaco, o teatro foi inaugurado em 1778 com a ópera A Europa Reconhecida do compositor italiano Antonio Salieri e, desde então é um referimento na vida cultural da cidade.

Conheça 5 curiosidades sobre o Teatro alla Scala para entender melhor seus mais de 200 anos de história com a cidade, os milaneses e até um brasileiro.

Pietà Rondanini: Michelangelo em Milão

Obra extrema de Michelangelo, a Pietà Rondanini, exposta em Milão, é considerada por muitos o seu testamento espiritual, já que segundo documentos, o artista continua a trabalha-la até poucos dias antes da sua morte, na noite do dia 18 de fevereiro de 1564, deixando-a incompleta.