Posts

Post índice de Milão e arredores

O blog vai fazer 5 anos daqui alguns meses e com isso o número de posts vai aumentando sempre mais.
Pensei em fazer um post índice para ajudar quem está planejando uma viagem por Milão e pelas belezas da Lombardia.

10 fatos sobre Milão

Toda a cidade é feita de muitas curiosidades, mais ou menos interessantes para locais e turistas, mas que quase sempre são importantes para entender certos contextos e porquês do lugar.
Em março, foi lançado no snapchat um desafio de mostrar 50 fatos sobre a própria cidade.
Eu acabei os dividindo em 2 dias e agora resolvi fazer um post reunindo 10 fatos sobre Milão. Uns são mais conhecidos, outros menos. Vamos lá!

O Horto Botânico de Brera

Um post pequeno para falar de um lugar pequeno, meio escondido, que passa despercebido à maior parte dos turistas que visitam Milão e a o palácio da Pinacoteca de Brera: O Horto Botânico de Brera.

Com uma superfície de apenas 5000 mt2, na época em que o palácio era um convento de jesuítas era um jardim onde os padres cultivavam plantas medicinais que abasteciam a farmácia do importante convento. Ele também era usado pelos eclesiásticos para momentos de meditação.

O que fazer no Natal 2016 em Milão

365 dias se passaram e já é período de Natal em Milão de novo. Mas o que fazer no Natal e Ano Novo 2016 em Milão?
O tom das festas começa todos os anos com o esperado evento da ‘La Prima della Scala’ (a ópera que abre a temporada do famoso teatro) no dia 7 de dezembro, que é dia de Santo Ambrosio e feriado na cidade.

Milão é uma segunda Paris

Amantes da cidade luz, muita calma. Começo explicando que a frase do título não é minha, que foi escrita há séculos atrás em uma carta e que talvez fosse até verdade no século 19 (época da carta).

Milão é uma segunda Paris, é o titulo de um gracioso e pequeno livro que comprei há alguns anos e que por sua vez tirou o título de uma parte da carta escrita por Oscar Wilde à sua mãe em 1875. Era a época dos Grandes Tours e os europeus que podiam, embarcavam em longas viagens pelo continente e muitos deles, vindo da Inglaterra, passavam por Milão.