Posts

Programação de Outubro a Dezembro 2014

O outono milanês se esquenta com a programação cultural da cidade, que traz uma prévia do que será o calendário no ano que vem, em vista da Expo2015, sobre a qual falamos nesse post e também nesse.

Fotografia, escultura, pintura, música clássica, rock e pop, só fica em casa e nos hotéis em Milão nos próximos meses quem for preguiçoso.

Confira a programação com as dicas do que fazer em Milão nos meses de outubro, novembro e dezembro e se divirta.

Mostras e exposições

Genesis – de 26 de junho a 2 de novembro – Palazzo della Ragione

O último grande trabalho de Sebastião Salgado, a sua viagem fotográfica pelos cinco continentes por 8 anos para contar o nosso planeta, chega a Milão para uma mostra de centenas de fotografias em preto e branco de rara beleza.

Marc Chagall – de 17 de setembro a 18 de janeiro 2015 – Palazzo Reale

A maior retrospectiva dedicada ao pintos russo na Itália, traz mais de 200 obras, na maior parte, pinturas.

o que fazer em Milão

 

Segantini – de 18 de setembro a 18 de janeiro 2015 – Palazzo Reale

Van Gogh– de 18 de setembro a 8 de março 2015 – Palazzo Reale

van-gogh-natura-morta-con-piatto-di-cipolle-1889

Depois de 60 anos uma mostra do famoso pintor holandês volta a cidade com obras que retratam a relação do homem com a natureza, provenientes do importante Kroller-Müller Museum di Otterlo, na Holanda.

Alberto Giacometti – de 8 de outubro a 1 de fevereiro 2015 – GAM

dog-alberto-giacometti-1951

A esse grande escultor e pintor suiço do século 20, a Galeria de Arte Moderna de Milão dedica uma mostra monografica que expõe 60 obras provenientes da Fundação Alberto e Annette Giacometti de Paris, percorrendo sua trajetória do início aos tempos mais maduros.

Triennale

Para quem gosta de arquitetura e design esse grandíssimo museu milanês tem várias mostras contemporaneamente que valem a pena – Informações e calendário aqui

Espetáculos

Cirque du Soleil – Quindan ; de 19 a 23 de novembroMediolamum Forum – Vendas ingressos aqui

O circo mais famoso do mundo está de volta a Milão também esse ano com um novo espetáculo.

o que ver em Milão

Música

Morrissey– 16 de outubro 2014 – Teatro Linear 4 Ciak – Vendas ingressos aqui

Damien Rice– 23 de outubro 2014 – Teatro Linear 4 Ciak – Vendas ingressos aqui

Cat Stevens– 11 de novembro 2014 – Mediolamum Forum – Vendas ingressos aqui

Billy Idol– 23 de novembro 2014 – Fabrique– Vendas ingressos aqui

eltonjohn_milano

Elton John– 4 de dezembro 2014 – Mediolamum Forum – Vendas ingressos aqui

Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google +

Programação de Julho a Setembro 2014

O verão não é a estação cultural mais movimentada de Milão, a causa das férias dos locais, mas como cidade de arte, Milão não pode deixar na mãos seus turistas, italianos e estrangeiros e o que não falta são opções de mostras e festivais nos próximos meses para aproveitar o verão europeu por aqui.

Mostras e exposições

Para quem passa por aqui nas duas primeiras semanas de julho, ainda há tempo para aproveitar 3 mostras que estão chegando ao final nesse domingo.

Klimt – Origens de um mito – de 12 de março a 13 de julho 2014 – Palazzo Reale

Realizada em colaboração com o museu Belvedere de Viena, a mostras apresenta pela primeira vez em Milão algumas das obras primas mais conhecidas do pintor austríaco, provenientes de importantes museus, entre as quais “Adão e Eva”, “Judite II”, “Girassol”. O percurso expositivo se fecha com a reconstrução original do Friso de Beethoven, exposto desde 1902 no Palácio Secessão de Viena.

Bernardino Luini e seus filhos – de 10 de abril a 13 de julho – Palazzo Reale

O grande pintor lombardo, colocado no grupo dos pintores leonardescos (seguidores estilísticos de Leonardo da Vinci) é o autor de afrescos de grande importância na cidade, como a minha adorada igreja de San Maurizio e de quadros de sublime beleza.

Finalmente Milão dedica a ele (e seus filhos) uma mostra que reúne obras provenientes das coleções da cidade  e com empréstimos de coleções européias e americanas.

Cildo Meireles – de 23 de março a 13 de julho 2014  – HangarBicocca – Informações aqui

Installations, é a primeira mostra individual do famoso artistita plástico brasileiro na Itália e expõe 12 instalações, realizadas dos anos 70 a hoje, no enorme espaço do HangarBicocca. Eu conferi e adorei. Grátis

Genesis – de 26 de junho a 2 de novembro – Palazzo della Ragione

O último grande trabalho de Sebastião Salgado, a sua viagem fotográfica pelos cinco continentes por 8 anos para contar o nosso planeta, chega a Milão para uma mostra de centenas de fotografias em preto e branco de rara beleza.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Marc Chagall – de 17 de setembro a 18 de janeiro 2015 – Palazzo Reale

A maior retrospectiva dedicada ao pintos russo na Itália, traz mais de 200 obras, na maior parte, pinturas.

Segantini – de 18 de setembro a 18 de janeiro 2015 – Palazzo Reale

Música e Cinema

Estate Sforzesca – de 3 de julho a 4 de setembro

Esse ano volta a Milão o evento que traz ao Castelo Sforzesco concertos de música clássica, jazz, visitas guiadas ao castelo e projeções de filmes ao ar livre no Cortile della Rochetta.

Ritmo in città – até 23 de julho – Informações aqui  

Até 23 de julho, uma série de concertos de jazz na cidade, como o do grupo americano Take 6, em várias locações.

Mito Settembre Musica – 4 a 21 de setembro – vários lugares – Informações aqui

Volta a Milão o evento musical mais famoso da cidade, com concertos de todos os tipos, preços e para todas as idades.

musica milao

Pharrell Williams – 20 de setembro 2014 – Mediolamum Forum – Vendas ingressos aqui

Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google +

 

Programação de Abril a Junho 2014

Sempre na preparação e contagem regressiva para a Expo2015 (falta pouco mais de 1 ano), os museus de Milão vão hospedar nos próximos 18 meses, mostras de grandes artistas italianos e estrangeiros, de vários períodos.

O calendário divulgado pela prefeitura é realmente enorme e começa nos próximos meses, passando pelo outono, quando chega à cidade a esperada mostra de Van Gogh, organizada em colaboração com o museu Kröller-Müller de Otterlo e se estende até 2015 com a realização das grandes mostras que vão servir de moldura para a Expo2015.

Mas respeitando a ordem cronológica, deixo aqui as dicas de programação cultural da Privamera de Milão, com os eventos que vão de abril a junho 2014.

Se você passar pela cidade, não deixe de conferir as mostras de Klimt, Bernardino Luini, Piero Manzoni, Cildo Meirelles e os eventos como PianoCity e Taste of Milano.

Feiras

Salão do Móvel de Milão – de 8 a 13 de abril 2014 – Informações aqui

A maior em mais famosa feira de móveis e design do mundo, na sua nova edição.

Confira também os eventos do Fuorisalone, que a cada ano propõe am toda a cidade e seus bairros, eventos paralelos ao Salão do Móvel.

Mostras e exposições

Klimt – Origens de um mito – de 12 de março a 13 de julho 2014 – Palazzo Reale

Realizada em colaboração com o museu Belvedere de Viena, a mostras apresenta pela primeira vez em Milão algumas das obras primas mais conhecidas do pintor austríaco, provenientes de importantes museus, entre as quais “Adão e Eva”, “Judite II”, “Girassol”. O percurso expositivo se fecha com a reconstrução original do Friso de Beethoven, exposto desde 1902 no Palácio Secessão de Viena.

o que fazer em Milão

O Friso de Beethoven – Klimt

Piero Manzoni 1933-1963 – de 26 de março a 2 de junho 2014 – Palazzo Reale

Pouco conhecido do público brasileiro, Piero Manzoni, artista milanês, foi um dos grandes expoentes da arte contemporânea italiana do pós-guerra.

dicas de pogramação em Milão

Merda de artista – Piero Manzoni

Há 50 anos da sua precoce morte, Milão apresenta uma mostra com uma rica documentação constituída de manifestos, fotografias, cartas e obras provocativas como “Merda de artista”, uma série de latas de contém algumas gramas das fezes do artista e que hoje valem alguns mil euros.

Bernardino Luini e seus filhos – de 10 de abril a 13 de julho – Palazzo Reale

O grande pintor lombardo, colocado no grupo dos pintores leonardescos (seguidores estilísticos de Leonardo da Vinci) é o autor de afrescos de grande importância na cidade, como a minha adorada igreja de San Maurizio e de quadros de sublime beleza.

Finalmente Milão dedica a ele (e seus filhos) uma mostra que reúne obras provenientes das coleções da cidade  e com empréstimos de coleções européias e americanas.

Luca Beltrami: história, arte e arquitetura em Milão – de 27 de março a 29 de junho – Castelo Sforzesco

A mostra, articulada em 3 ambientes do castelo da cidade (Sala Viscontea, Sala dei Pilastri, Sala del Tesoro) apresenta através de desenhos, projetos e fotografias, os diferentes aspectos da vida e da carreira de um dos grandes arquitetos italianos do final do século 19 e de grande importância para a cidade de Milão.

De Jerusalém a Milão: imperadores, filósofos e deuses nas origens do cristianismo – Museu Arqueológico – até 20 de junho 2014

Genesis – de 26 de junho a 12 de outubro – Palazzo della Ragione

O último grande trabalho de Sebastião Salgado, a sua viagem fotográfica pelos cinco continentes por 8 anos para contar o nosso planeta, chega a Milão para uma mostra de centenas de fotografias em preto e branco de rara beleza.

Cildo Meireles – de 23 de março a 13 de julho 2014  – HangarBicocca 

Installations, é a primeira mostra individual do famoso artistita plástico brasileiro na Itália e expõe 12 instalações, realizadas dos anos 70 a hoje, no enorme espaço do HangarBicocca. Grátis

dicas programação Milao

A instalação Marulho – Cildo Meireles

Gastronomia

Taste of Milano – de 8 a 11 de maio 2014 – Super StudioPiù (Zona Tortona) – Informações no site

O evento gastronômico mais esperado da cidade, volta essa primavera para o deleite dos apreciadores da boa cozinha.

Música

Piano City – 16 – 17 e 18 de maio 2014 – Informações aqui

Esse ano se repete o evento que enche a cidade de música, com concertos em praças, museus, transportes públicos, monumentos e casas privadas, além de laboratórios para crianças.

Ed Motta – 10 de abril 2014 – Blue Note Milano – Vendas ingressos aqui

Caetano Veloso – 05 de maio 2014 – Gran Teatro Linea 4 Ciak – Vendas ingressos aqui

Pearl Jam – 20 junho – Estádio San Siro – Sold Out

Massive Attack – 25 de junho 2014 – Ippodromo City Sound – Vendas ingressos aqui

Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google +

 

Programação de Janeiro a Março 2014

O inverno avança em Milão, mas a programação cultural para os próximos meses na cidade está fervendo. Às ofertas de mostras já em andamento, se acrescentam outras grandes opções para quem visita a cidade.

Ficam aqui as dicas do que fazer em Milão nos próximos meses, além do circuito clássico turístico da cidade. Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google + regularmente.

Gastronomia

Milano Food&Wine Festival – 8/9/10  de fevereiro – Milano Congressi – Informações aqui

Moda

Milano Fashion Week – de 19 a 25 de fevereiro – Várias sedes

Feiras

Salão do Móvel de Milão – de 8 a 13 de abril 2014

A maior em mais famosa feira de móveis e design do mundo, na sua nova edição.

Confira também os eventos do Fuorisalone, que a cada ano propõe am toda a cidade e seus bairros, eventos paralelos ao Salão do Móvel.  Para atualizações, siga o Milão nas mãos no Facebook, Twitter e Google +

Mostras

Kandinsky A coleção do Centro Pompidou de Paris – Palazzo Reale – de 17 dezembro a 27 abril – Informações aqui

Uma grande retrospectiva monografica que expõe, em ordem cronológica, 80 obras do famoso pintor abstrato russo.

Mostras Milao

Pollock e gli irascibili – Palazzo Reale – de 24 setembro a 16 fevereiro 2014

A arte americana dos anos 40 aos anos 60, com obras do famoso pintor do expressionismo abstrato Jackson Pollock e Mark Rothko, Willem de Kooning, Franz Kline, Barnett Newman, provenientes do Whitney Museum de NY.

Van Gogh Alive – Fabbrica del Vapore – de 16 dezembro a 9 março – Informações aqui

A inovativa mostra apresenta as obras do pintor holandês projetadas através de mais de 3000 imagens em monitores de alta definição, colocando o público dentro das obras.

Piero Fornasetti: 100 anos de loucura prática – Triennale de Milão – até 9 de fevereiro – Informações aqui

Em ocasião do centenário do nascimento do artista-designer milanês Piero Fornasetti, a Triennale de Milão dedica a ele uma grande mostra, que expõe os inúmeros e mais variados objetos criados por ele.

Já fui conferir e para os amantes do autêntico design italiano, aconselho a visita.

Il volto del ‘900: de Matisse a Bacon – Palazzo Reale – de 25 setembro a 19 janeiro 2014

Uma coleção de obras-primas de grandes artista como Matisse, Modigliani, Bacon, que propõe um percurso pelo século 20 através da evolução dos retratos.

Rodin: o mármore, a vida – Palazzo Reale – de 17 outubro a 26 janeiro 2014

50 esculturas do escultor francês August Rodin, considerado um dos grande inovadores da tradição escultórea junto a Michelangelo, em mostra com a colaboração do Museu Rodin de Paris e a Galeria de Arte Moderna de Roma.

mostra rodin milao

Warhol – Palazzo Reale – de 24 outubro a 2 março 2014

Uma viagem pela história da Pop Art através das obras de seu maior artista.

Brain: o cérebro, instruções para o uso – Museu de História Natural – de 10 de outubro a 13 de abril 2014 – Informações aqui

De Jerusalém a Milão: imperadores, filósofos e deuses nas origens do cristianismo – Museu Arqueológico – até 20 de junho 2014

Shows e Concertos

Michael Bublé – 27 e 28 de janeiro – Mediolanum Forum – Venda ingressos

Depeche Mode – 20 de fevereiro – Mediolanum Forum – Venda ingressos

Simple Mind – 25 de fevereiro – Alcatraz – Venda ingressos

James Blunt – 18 de março – Mediolanum Forum – Venda ingressos

Franz Ferdinand – 3 de abril – Mediolanum Forum – Venda ingressos

Pearl Jam – 20 junho – Estádio San Siro – Venda ingressos

pearl jam milao shows

Aerosmith – 25 junho – Rho Fiera Milano – Venda ingressos

Giuseppe Verdi: o amado ‘maestro’ de Milão

E já é de novo 7 dezembro em Milão. Feriado da cidade, dia de seu santo padroeiro Ambrogio, é também conhecido como o dia da estréia da temporada lírica do Teatro alla Scala.

Esse ano, fechando as comemorações do bicentenário do nascimento do grande compositor Giuseppe Verdi, na cidade conhecido como “il maestro”, a montagem será a sua famosa ópera La Traviata.

1461147_10151860509553165_1983026962_n

Verdi não era milanês, mas adotou a cidade e a cidade o adotou e aqui ele fez a sua fama e fortuna, doando ao Scala um período de extraordinário sucesso no século 19.

De origem humilde, filho de uma rendeira e de um dono de osteria (restaurante simples), começou tocando órgão na igreja da sua cidade natal, Busetto, em Emilia Romagna. Quando se transfere para Milão, patrocinado por um mecenate, o conservatório da cidade não o aceita por considerar seus talentos musicais escassos. Passa os próximos três anos se aperfeiçoando.

Em 1836 casa com a filha do seu mecenas, que lhe dá 2 filhos. E é aí que a biografia de Verdi começa se colorir de tons de cinza e preto: os filhos, uma menina e um menino, morrem com pouco mais de 1 ano de idade e em 1840 ele perde também a esposa.

Todos esses acontecimentos já quando o compositor tentava se firmar na constelação de músicos da cidade e de seus teatros. Depois da morte da esposa, Verdi começa uma relação amorosa com a cantora lírica Giuseppina Strepponi, com quem viverá até a morte dela, em um relacionamento permeado de infidelidades.

O compositor na Praça Scala

O compositor na Praça Scala

Até 1842 Verdi tinha escrito duas óperas que foram bem recebidas, mas sem grandes entusiasmos. Foi naquele ano que seu empresário lhe deu o libreto de Nabucco para que Verdi escrevesse a música. Deprimido, o compositor deixou-o de lado, até que dias depois o fez cair no chão e o libreto se abriu no texto Va’ Pensiero. Verdi leu o texto, que mexeu com ele. Conta a história, que naquela noite não conseguiu dormir e começou a escrever a música para a ópera que daria início ao seu triunfo!

Nabucco foi representada 64 vezes no seu primeiro ano de execução. A partir dali, Verdi compôs uma média de 1 ópera por ano, cuidando muitas vezes de vários aspectos das montagem e execuções. Em 1848, aos 34 anos, já é um compositor famoso mundialmente e suas óperas são representadas em Paris, Londres, Viena.

Além de Nabucco, Verdi compôs óperas que se nunca assistimos, conhecemos de nome, como: Macbeth, Rigoletto, Aida, La Traviata, Don Carlos, Falstaff, Otello, entre outras.

Trabalhando em estreito contato com o Teatro alla Scala, Verdi sempre procurou casas perto do renomado teatro e nos últimos anos, o maestro residiu na suíte 105 do Grand Hotel et Milan em Via Manzoni, que ainda hoje preserva intacta o belo quarto, onde Verdi faleceu depois de 6 dias de agonia, em 27 de janeiro de 1901.

quarto Verdi Hotel et Milan

A suíte 105 do Grand Hotel et Milan

O compositor era tão amado pelos milaneses que,  em respeito a sua agonia, a prefeitura ordenou que Via Manzoni fosse coberta de palha e feno, para que o barulho das carruagens e dos cavalos não incomodasse “il maestro”. Seu funeral foi seguido por 100 mil pessoas e Verdi está hoje enterrado na Casa de Repouso para Músicos da cidade, construída por ele e inaugurada só depois da sua morte.

A casa de repouso para músicos em Milão

A casa de repouso para músicos em Milão