Posts

Uber em Milão: melhor não

Aceito e muito usado pelos brasileiros, o Uber é popular no Brasil e, com certeza, hoje é mais usado do que os táxis por lá.

Aqui na Itália, o serviço não pegou, não é popular entre os locais e não custa menos que os táxis. Ou seja, não é a melhor opção quando se fala de transporte em Milão.

Como usar bicicletas em Milão

Milão não é a cidade mais bike friendly da Itália, mas desde que eu comecei o blog, há quase 6 anos, a mobilidade urbana tem sido uma das questões importantes discutidas pelo governo e população.

O primeiro post que escrevi sobre compartilhamento de bicicletas, era a única opção, na época, presente na cidade: o BikeMi.

Mas a cidade mudou e com isso, no último ano, Milão ganhou mais 2 serviços de compartilhamento, dessa vez com bicicletas que podem ser estacionadas em qualquer lugar da cidade (desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos).

Bondinho histórico de Milão: 90 anos do ícone da cidade

Toda cidade tem seus clássicos. Milão tem o Duomo, a estreia do Scala, o risoto com ossobuco, o jogo Inter x Milan e o meu mais amado, o tram, tanto que o logotipo de blog inclui ele também para representar a cidade.

Costumo também dizer que um dos barulhos de Milão é a freada dos bondinhos amarelos mais antigos, que agora em novembro 2017 estão fazendo 90 anos.

Como viajar de trem na Itália

Viajar de trem pela Itália é mais fácil do que muita gente pensa. Rápido, sem check-in e limite de bagagens pode ser a melhor solução para turistas que querem se locomover entre as grandes cidades. Saiba como se programar e comprar os bilhetes nesse post, mesmo estando ainda no Brasil.

Preços em Milão: quanto custa?

Milão tem fama de cidade cara, mas sinceramente, eu acho que já foi mais. Não sei se é a minha percepção dos preços que mudou ou se comparando com outras cidades europeias, não a acho tão cara assim.

Sabendo o que escolher para ver, visitar e comer, pode -se conhecer a cidade sem ir a falência.

Mas ultimamente tenho recebido e-mails e comentários de leitores que veem para Milão para passar uma temporada maior, como estudantes que fazem cursos que duram alguns meses e querem saber o custo de vida da cidade. Difícil dizer quanto se gasta por dia (pergunta frequente), já que tudo depende de onde e o que você come, se vai andar a pé, de transporte público ou de bicicleta, se vai fazer compras no supermercado.

O que segue abaixo é uma pequena lista, dos custos mais frequentes que um turista ou morador temporário (sem incluir despesas com moradia) pode ter em Milão.   Os preços dos produtos indicados são médios: não é o mais barato do supermercado nem o mais caro.

Transportes

Bilhete unitário ATM com integração metrô-ônibus ou bondinho em 90min: 1,50 €

Bilhete ATM diário (viagens ilimitadas em 24hs): 4,50 €

Bilhete ATM semanal: 11,30€  (necessário ativar cartão com validade de 4 anos que custa 10 euros)

Bilhete ATM mensal: 35 € (necessário ativar cartão com validade de 4 anos e que custa 10 euros)

Para outros tipos de bilhetes, consulte o site ATM

Taxi Estação Centrale – Centro: 12-15 €

Taxi Aeroporto Linate – Centro: 45 €

Taxi Aeroporto Malpensa – Milão: 100 €

1 bilhete trem para o Lago de Como: 5,10 €

Hospedagem (diária)

Uma cama albergue da juventude: de 30 a 50 € (quarto fem/masc com banheiro)

Um quarto duplo no Ibis Centro: de 80 a 150 € (dependendo da época do ano)

Um quarto duplo em hotel 4 estrelas no centro: entre 270 a 350 €

Leia aqui o post com as dicas dos hotéis em Milão por bairros

Alimentação

1 café (no centro, em pé no balcão): de 1 a 1,20 €

1 cappuccino (no centro, em pé no balcão):  de 1,30 a 1,50 €

capuccinomilao

1 Briochè (croissant doce): de 1,20 a 1,50 €

1 sanduíche: de 4,00 a 10,00 €

1 garrafinha água (nos bares-quiosques): 1,50 €

1 garaffinha de água (nas fontes espalhadas pela cidade): grátis

1 panzerotto (Luini): 2,70 €

1 sorvete (2 sabores): 3,00 €

1 latinha de refrigerante (nos bares): de 3,00 a 3,50 €

1 refeição (restaurante):  de 10-12 € (menu fixo almoço) a 150 € (restaurantes estrelados)

1 aperitivo: de 8 a 15 € (incluindo buffet ou petiscos)

Supermercado

1 Kg de macarrão: 2 €

1 kg de biscoito: 3,50 €

1 lt de leite: 0,80 €

1 kg de carne: de 12 a 30 €

1 pacote pão de forma: 1,20 €

Cultura e lazer

Entrada igrejas: grátis

Ingresso Última Ceia: 8 €

Ingresso Museu 900: 5 €

Ingresso Museus do Castelo (bilhete único): 5 €

Ingresso Gallerie d’Italia: 10 €

Museus Milão

Ingresso Pinacoteca de Brera: 8 €

Ingresso Mostras temporárias Palazzo Reale: 10 €

Parques: grátis

Ingresso Cinema: 8 €

Ingresso shows e concertos: de 50 a 150 €
Se você quer economizar na cidade, leia também:

Milão grátis ou quase

Milão: 48 horas com menos de 48 euros