Posts

Muse e Mart: dicas de museus em Trento e Rovereto

A Itália é um país lindo, diversificado, mas o Norte do país ainda é pouco explorado pelos turistas, incluindo os brasileiros. Uma pena, já que também por aqui é possível encontrar paisagens encantadoras, centros históricos pitorescos e ofertas culturais e artísticas de primeira.

Bate e volta de Milão para Verona – Roteiro de 1 dia

O bate e volta Milão – Verona é um clássico e um dos mais populares, junto com o Lago de Como para quem está na cidade.

A apenas 1 hora e meia de distância (de trem) de Milão, a graciosa cidade cortada pelo Rio Adige, patrimônio Unesco, atrai turistas de todo mundo pela sua beleza e pela história de amor mais trágica e conhecida do mundo.

Pela proximidade com Milão, sempre estive na cidade só por um dia, mas faz tempo que estou prometendo a mim mesma um final de semana assim que a temporada de óperas começar na Arena de Verona (junho de todos os anos).

Com os principais monumentos concentrados no centro, Verona é fácil de visitar. Melhor ainda se for durante a primavera ou verão, quando os dias são mais longos e dá para aproveitar mais. Aqui ficam minhas sugestões do que fazer em Verona em 1 dia, se esse for o tempo que você tiver.

5 motivos para incluir a Lombardia na sua viagem pela Itália

Ainda que Milão seja na maioria das vezes a porta de entrada para muitos turistas que chegam do Brasil, poucos dedicam tempo suficiente para conhecer as belezas naturais e artísticas da região mais rica da Itália, a Lombardia.
Nesses 14 anos de Itália tive a oportunidade de conhecer um pouco da região de deixo aqui os meus 5 razões para você incluir uma visita a Lombardia na sua próxima viagem a Itália.

Como viajar de trem na Itália

Viajar de trem pela Itália é mais fácil do que muita gente pensa. Rápido, sem check-in e limite de bagagens pode ser a melhor solução para turistas que querem se locomover entre as grandes cidades. Saiba como se programar e comprar os bilhetes nesse post, mesmo estando ainda no Brasil.

Modena: terra de Ferrari, Pavarotti e muito mais

Existem cidades que são ligadas a nomes de personagens famosos da história recente ou poderíamos também dizer ao contrário: existem personagens da história recente que estão fortemente ligados ao nome de suas terras natais.

É o caso da cidade de Modena, na região italiana da Emilia Romagna e seus filhos mais ilustres: Enzo Ferrari e Luciano Pavarotti. Dois nomes que dispensam apresentações e que só contribuiram para enriquecer ainda mais uma região também cheia de tradições artísticas-culturais e enograstrônomicas.

Porque a Emilia Romagna, é a terra da Ferrari e de Pavarotti, mas também do Lambrusco, do queijo Parmigiano Reggiano e do verdadeiro Vinagre Balsâmico Tradicional.

Foi pensando em colocar essas excelências do terrítorio a disposição dos turistas durante o período da Expo2015, que o órgão de promoção turística da Emilia Romagna criou o Passaporte Discover, um passe com duração de 48 horas com serviço de van e que inclui todas as entradas nas etapas do itinerário para você descobri e deixar de surpreender por mais um pedacinho do Norte da Itália.

E foi para conhecer esse itinerário e suas etapas que, com outros 6 blogueiros, passei um final de semana entre Modena e Maranello para poder contar tudo para vocês e concluir que mesmo depois de 13 anos nesse país e a apenas 165 km de casa, a Itália ainda é capaz de me surpreender.

Como funciona:

A partir do dia 4 de abril e até o final da Expo2015 no dia 31 de outubro, é possível visitar todas as 14 etapas do Discover Ferrari e Pavarotti Land por 48 horas comprando o passe que incluí a entrada em todas as atrações do itinerário e também o serviço de van para quem está sem carro.

Das 10 às 17h, a cada hora, uma van saí das estações de Bolonha, Modena e Reggio Emilia (perfeito para quem está em Milão e quer udar o trem) ou do Museu Ferrari em Maranello e do Museu Enzo Ferrari em Modena e fazem o percurso circular das atrações.

mapa ferrari

Foto divulgação Discover Ferrari e Pavarotti Land

Você desce onde quiser e fica o tempo que quiser aproveitando a atração e sabe que de hora em hora passa uma outra van para você proseguir. É você que decide o que ver e por quanto tempo.

O passe também pode ser adquirido por quem está viajando pela Itália de carro.

As etapas:

Museu Enzo Ferrari (Modena)

O museu se divide em dois espaços: a oficina onde nasceu os carros Ferrari e que expõe alguns modelos de competição e um outro espaço mais moderno, dedicado a outros modelos e a exibição de um filme que conta um pouco da vida de Enzo e Pavarotti.

visitar museu ferrari modena

Vinícola Cleto Chiarli

A mais antiga vinícola de Lambrusco da região, fundada em 1860 e produtora de vinhos de qualidade, onde é possível conhecer a produção e degustar os vinhos.

Hombre e Coleção Maserati

Empresa agrícola que produz queijo Parmigiano Reggiano biológico e que possui uma das coleções privadas mais espetaculares de Maserati.

Malpighi Balsâmico, Giusti Balsâmico e Consorteria Balsâmico

Visita as empresas e museu (Consorteria) que produzem com o método tradicional o famoso vinagre balsâmico da cidade. Com certeza, o ponto alto do final de semana para mim. Primeiro porque eu sempre gostei do produto, segundo porque não conhecia (quase) nada da produção dele.

vinagre balsâmico modena

Provar um vinagre balsâmico tradicional com 12, 25 e 50 anos de envelhecimento, não tem preço.

Museu Ferrari e cidade de Maranello

Visita ao famoso museu na cidade de Maranello, sobre o qual já contei nesse post, entre modelos famosos e de Formula 1.

Depois, pare para comer a deliciosa especialidade local, gnocco fritto com queijos e frios. Bem alí pertinho do museu, tem o restaurante Drake, onde eu já tinha almoçado uma vez. Provado e aprovado.

Museu Casa Pavarotti

Chamada de “Casa Vermelha”, foi sua última residência e recentemente transformada em museu multimedial dedicado a mémoria do grande tenor italiano.

Abadia de Nonantola

Etapa artística-cultural na abadia do século 8 situada na pequena cidade a poucos quilômetros de Modena.

MuSa – Museu dos Frios

No estabelcecimento Villani, produtor de presuntos e embutidos desde 1886, um interessante museu que mostra as fases de produção das famosas mortadelas de Bolonha, presunto de crú de Parma e San Daniele, presunto cozindo, copa e outras variedades.

4 Madonne – Parmigiano Reggiano

Fábrica do famoso queijo italiano, parmigiano reggiano, produzido só nessa região, a visita do estabelecimento surpreende pelas várias fases, que respeitam a tradição.

No final, é possível degustar alguns tipos de parmigiano.

fabrica parmiggiano reggiano

Palácio Ducal de Sassuolo

A cidade, famoso centro de produção de pisos e azulejos de alta qualidade, tem origem medieval e hospeda o belo Palácio Ducal, que foi residência de verão do ducado Estense.

Modena

A cidade, famosa pelos seus filhos ilustres e por ser sede da Ferrari, Maserati e do famoso autódromo, é uma das etapas dedicadas a arte e cultura, com seu centro histórico e a Piazza Grande, um dos 50 Patrimômios Unesco italianos.

IMG_1356

Quanto custa:

O passe Discover Ferrari e Paravotti Land custa 60 euros por pessoa por 48 horas de serviço van e entradas nas atrações.

A partir do segundo dia, cada dia adicional (se você quiser fazer as coisas com mais calma) custa 25 euros por pessoa.

Não estão incluídos nos preços as despesas de hospedagem (mas é possível adquirir pacotes a partir de 260 euros por pessoa), alimentação, taxas.

Onde comprar:

Pelo site  www.ferraripavarottiland.it

Vivara Viaggi  booking@vivaraviaggi.it

*Minha viagem a Emília Romagna foi um convite e faz parte do Discover Ferrari & Pavarotti Land project, uma colaboração entre Emilia-Romagna Tourism Board e iambassador, mas todas as opiniões aqui relatadas são pessoais.