Um novo espaço para a Pietà Rondanini

Quem atravessa a torre do Castelo Sforzesco e entra na Praça das Armas se maravilha com a arquitetura, com as torres, mas provavelmente poucos notam uma construção retangular que fica à esquerda da praça.

Construído pelos espanhóis na segunda metade do século 16, era a enfermaria destinada aos soldados do castelo e a partir do ano que vem, em tempo para a Expo2015, será o espaço que vai acolher de maneira definitiva a grande escultura de Michelangelo, a Pietà Rondanini, esculpida entre 1552-1554 pelo artista toscano

Castello Sforzesco Milano

Um ano de restauros para trazer a luz os afrescos nos muros e no teto, que traz a escrita do Credo Apostólico ‘Sali in cielo, siediti alla destra di Dio, Padre onnipotente’ , palavras que resumem a própria essência do cristianismo. É o momento exatamente seguinte da Pietà, que será colocada na sala, embaixo da frase afrescada.

A escolha da enfermaria espanhola não é casual. Lugar de dor e morte, é em sintonia com a escultura insólita do artista toscano (geralmente nas pietàs, Maria está sentada segurando o corpo de Jesus) que cristaliza a dor sem fim de uma mãe que segura o corpo do filho morto.

A escultura, comprada pela prefeitura de Milão em 1952, está apoiada em cima de uma placa anti-sísmica fabricada no Japão, por causa das vibrações da linha do metrô que passa embaixo do castelo.

Michelangelo Milão Pietà

Quem entrar, vai vê-la de costas e pouco a pouco vai descobrir os detalhes mais ou menos acabados da escultura, colocada na enfermaria com uma decoração minimal, feita de poucos bancos e uma pequena livraria monotemática.

O meu deslumbre pela obra eu nunca escondi, está escrito, palavra por palavra em cada post onde pude inseri-la. Para mim, é a maior obra de arte dessa cidade (e olha que temos aqui a Última Ceia de Leonardo da Vinci).

Pietà Rondanini – Castelo Sforzesco
Terças a Domingo das 9 às 19h
Ingressos: 5 euros (inteiro) – 3 euros (reduzido – acima de 65 anos com documento) – grátis (até 18 anos)
* O ingresso é único e vale para visitar a Pietà e todos os ouytros museus do Castelo Sforzesco.

OBS: Post atualizado em 11/05/2015

Fotos: Página FB da Prefeitura de Milão e Milão nas mãos

 

2 respostas
  1. Rosa says:

    Olá, Mage! Vim aqui agradecer por suas dicas tão preciosas aqui no blog. Li muito por aqui e aproveitei muita coisa para passar o último final de semana em Milão. Fiquei absolutamente deslumbrada com a cidade e sem entender a fama de patinho feio. Claro que ficou um gostinho de quero mais! Já planejo voltar em 2015. Obrigada por este trabalho tão rico e minucioso!

    Responder
    • Mage Santos says:

      Ola Rosa!
      Eu que agradeço você voltar para deixar o comentário. Fico feliz que voc~e tenha aproveitado e gostado da cidade. É como eu digo: Milão é para entendedores.
      Até 2015!! Um abraço
      Magê

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *